Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LIVE TV

LIVE TV

Indústria de entretenimento e provedores podem entrar em acordo contra piratas digitais nos EUA

Junho 27, 2011

sattotal

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] i$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div dir="ltr" style="text-align: left;" trbidi="on"><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-4XlyuPok79w/TgjylawsuOI/AAAAAAAAIqU/-N6oVHphIhs/s1600/pirateflag_270x169_270x169_logo.png" imageanchor="1" style="clear: left; cssfloat: left; float: left; margin-bottom: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" i$="true" src="https://1.bp.blogspot.com/-4XlyuPok79w/TgjylawsuOI/AAAAAAAAIqU/-N6oVHphIhs/s1600/pirateflag_270x169_270x169_logo.png" /></a></div><div style="text-align: justify;"></div><div style="text-align: center;"><strong><span style="color: #783f04; font-family: Georgia, &quot;Times New Roman&quot;, serif;"><em>O acordo poderia ser um dos mais importantes na luta da indústria contra a pirataria.</em></span></strong></div><strong><div style="text-align: justify;"><br /></div></strong><div style="text-align: justify;"><strong>Algumas das maiores empresas provedoras de internet dos Estados Unidos podem estar prestes a fechar um acordo com a indústria musical e de cinema do país, para um controle mais rígido de acesso dos piratas de arquivos digitais à rede.</strong></div><strong><div style="text-align: justify;"><br /></div></strong><div style="text-align: justify;"><strong>Pelo menos é o que conta o site<a href="http://news.cnet.com/8301-31001_3-20073522-261/exclusive-top-isps-poised-to-adopt-graduated-response-to-piracy/"> CNET</a>. Em uma matéria exclusiva, o site explica que as grandes provedoras de internet do país, como a AT&amp;T, a Verizon e a Comcast, estão muito perto deste acordo com a RIAA (Recording Industry Association of America) e a MPAA (_Motion Picture Association of America), as representantes das 4 principais gravadoras musicais e dos 6 principais estúdios de Hollywood, respectivamente.</strong></div><strong><div style="text-align: justify;"><br /></div></strong><div style="text-align: justify;"><strong>Ainda de acordo com o site, o acordo propõe uma “pena gradual” para aqueles que continuamente infringirem os direitos autorais em compratilhamento de arquivos na rede. Medidas judiciais já existem para este tipo de crime, porém, o papel dos provedores (ISP, internet service provider) pode ser ainda mais importante. RIAA e MPAA oferecem algumas medidas que os ISPs podem tomar contra os “piratas”.</strong></div><strong><div style="text-align: justify;"><br /></div></strong><div style="text-align: justify;"><strong>As medidas vão desde a diminuição da velocidade de sua conexão, até a limitação de seu acesso a internet. Um dos exemplos para este segundo caso é fazer com que o usuário só possa visitar os 200 maiores sites (que dificilmente terão material ilegal) até que o compartilhamento de arquivos seja interrompido.</strong></div><strong><div style="text-align: justify;"><br /></div></strong><div style="text-align: justify;"><strong>As fontes do site CNET, porém, garantem que não há nos planos qualquer menção a proibir totalmente o acesso dos acusados à internet. Entretanto, há quem ache que não é correto penalizar um usuário da rede apenas baseado nas acusações da outra parte, no caso, a indústria do entretenimento. Mesmo assim, os planos são ainda apenas planos, mas com potencial de ser um dos mais importantes acordos da luta da indústria contra a pirataria.</strong></div></div>

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D