Na sexta-feira, dia 14, o GNT exibe o documentário "Viciadas em Sexo". O vício em sexo, apesar de passar despercebido na vida de várias mulheres, é considerado doença séria. Sem conseguirem dizer "não" no momento do desejo sexual, elas sofrem graves consequências por só pensarem "naquilo".

O documentário traz uma definição da doença e mostra como ela se manifesta. As histórias de quatro mulheres – Karry, Satine, Sue e Faith – ilustram o programa. Karry fugia de casa na adolescência para frequentar bares em Nova Iorque e encontrar com homens. Satine descobriu os prazeres do exibicionismo na internet. Sue resolveu buscar terapia ao encontrar-se vazia emocionalmente. E Faith se tornou atriz pornô e largou o casamento e os estudos, ao levar os prazeres do sexo às últimas consequências.

Elas desabafam como se sentiam diferentes das demais mulheres, únicas no mundo. Mas o documentário explica que, como qualquer outro vício, o apego ao sexo é uma forma de fugir de problemas. As "viciadas em sexo" contam como lutaram contra esse vício.



Viciadas em Sexo – INÉDITO
No ar sexta-feira, dia 14, à 0h

publicado por sattotal às 22:15 | link do post
tags:

Na sexta-feira, dia 14, o GNT exibe o documentário "Viciadas em Sexo". O vício em sexo, apesar de passar despercebido na vida de várias mulheres, é considerado doença séria. Sem conseguirem dizer "não" no momento do desejo sexual, elas sofrem graves consequências por só pensarem "naquilo".

O documentário traz uma definição da doença e mostra como ela se manifesta. As histórias de quatro mulheres – Karry, Satine, Sue e Faith – ilustram o programa. Karry fugia de casa na adolescência para frequentar bares em Nova Iorque e encontrar com homens. Satine descobriu os prazeres do exibicionismo na internet. Sue resolveu buscar terapia ao encontrar-se vazia emocionalmente. E Faith se tornou atriz pornô e largou o casamento e os estudos, ao levar os prazeres do sexo às últimas consequências.

Elas desabafam como se sentiam diferentes das demais mulheres, únicas no mundo. Mas o documentário explica que, como qualquer outro vício, o apego ao sexo é uma forma de fugir de problemas. As "viciadas em sexo" contam como lutaram contra esse vício.



Viciadas em Sexo – INÉDITO
No ar sexta-feira, dia 14, à 0h

publicado por sattotal às 22:15 | link do post
tags:

Entre vários prêmios, ele levou o título de Mágico do Ano em 2001, 2004, 2005, 2007 e 2008.
Considerado o novo Houdini, o maior mágico de todos os tempos, e uma mistura de Eisenheim, David Copperfield e vocalista de banda de heavy metal, Criss Angel intriga fãs com suas loucuras – que não têm local para acontecer. Isso porque seu principal diferencial é que ele não protege seus truques em palcos – locais nos quais o mágico geralmente tem total controle sobre o ambiente e sobre o que é visto.
Criss busca o contrário: lugares e público que desafiem a sua arte, característica que o alçou ao status de celebridade.

Prova disso é a edição inédita do E! Entertainment Television dedicada a ele, que vai ao ar dia 10/8, segunda-feira, às 20h.


Talento ele tem de sobra. Sua ousadia e criatividade o levaram a assinar o novo espetáculo do Cirque Du Soleil, Believe, em Las Vegas. Sua vida particular, é claro, também é foco do programa. De família grega, Christopher Nicholas Sarantakos nasceu em 1967, em Nova York.


Também músico – já lançou CDs de rock –, Criss rompeu um casamento de sete anos por um suposto relacionamento com a atriz Cameron Diaz. Garotas problemas, como Lindsay, Britney e Paris, estão entre os seus affairs não assumidos. Recentemente, ele terminou o namoro com Holly Madison, ex-namorada de Hugh Hefner, dono da Playboy.
Por meio de entrevistas exclusivas, com depoimentos de pessoas próximas, o E! desvenda seus segredos – mas obviamente não os de suas mágicas.
publicado por sattotal às 22:13 | link do post
tags:

Entre vários prêmios, ele levou o título de Mágico do Ano em 2001, 2004, 2005, 2007 e 2008.
Considerado o novo Houdini, o maior mágico de todos os tempos, e uma mistura de Eisenheim, David Copperfield e vocalista de banda de heavy metal, Criss Angel intriga fãs com suas loucuras – que não têm local para acontecer. Isso porque seu principal diferencial é que ele não protege seus truques em palcos – locais nos quais o mágico geralmente tem total controle sobre o ambiente e sobre o que é visto.
Criss busca o contrário: lugares e público que desafiem a sua arte, característica que o alçou ao status de celebridade.

Prova disso é a edição inédita do E! Entertainment Television dedicada a ele, que vai ao ar dia 10/8, segunda-feira, às 20h.


Talento ele tem de sobra. Sua ousadia e criatividade o levaram a assinar o novo espetáculo do Cirque Du Soleil, Believe, em Las Vegas. Sua vida particular, é claro, também é foco do programa. De família grega, Christopher Nicholas Sarantakos nasceu em 1967, em Nova York.


Também músico – já lançou CDs de rock –, Criss rompeu um casamento de sete anos por um suposto relacionamento com a atriz Cameron Diaz. Garotas problemas, como Lindsay, Britney e Paris, estão entre os seus affairs não assumidos. Recentemente, ele terminou o namoro com Holly Madison, ex-namorada de Hugh Hefner, dono da Playboy.
Por meio de entrevistas exclusivas, com depoimentos de pessoas próximas, o E! desvenda seus segredos – mas obviamente não os de suas mágicas.
publicado por sattotal às 22:13 | link do post
tags:

DOCUMENTÁRIO INÉDITO 'EM NOME DE DEUS' É DOS MESMOS PRODUTORES DE '9/11'
Na faixa "GNT.doc", o assinante é convidado a uma reflexão sobre as religiões. E quem guia esta viagem são, justamente, 12 dos maiores líderes religiosos do mundo, entre eles Dalai Lama, Papa Bento XVI e a indiana Amma. O documentário inédito "Em Nome de Deus" acompanha a vida pessoal e religiosa destas personalidades, e traz à tona perspectivas provocantes e esclarecedoras sobre terrorismo, guerras e intolerância. E é exibido em duas partes: a primeira vai ao ar na quinta-feira, dia 13, e na sexta, 14.

"Em Nome de Deus" foi considerado o melhor programa de TV pelo prêmio de Nova York Cristopher Awards. Os responsáveis pelo filme são os irmãos Jules e Gedeon Naudet, que também produziram o documentário "9/11", sobre o atentado contra as Torres Gêmeas.

Jules diz que o contato com a morte, quando produzia o "9/11", foi o que motivou este projeto. "Onde estaria Deus naquele dia?", é a pergunta que ele faz. Diante de tantas pessoas que se perguntavam qual era o sentido da vida, os irmãos decidiram procurar por uma resposta através dos líderes religiosos. Acompanhando o dia-a-dia destes ícones, eles testemunharam sua fé, seus medos, seus sonhos e seus questionamentos.


Em Nome de Deus – INÉDITO


GNT – Canal Globosat
Parte 1 no ar quinta-feira, dia 13, às 21h
Parte 2 no ar sexta-feira, dia 14, às 21h
Horário Alternativo: parte 1, na quinta-feira, dia 20, às 5h; parte 2, na quinta-feira, dia 27, às 5h
publicado por sattotal às 22:05 | link do post
tags:

DOCUMENTÁRIO INÉDITO 'EM NOME DE DEUS' É DOS MESMOS PRODUTORES DE '9/11'
Na faixa "GNT.doc", o assinante é convidado a uma reflexão sobre as religiões. E quem guia esta viagem são, justamente, 12 dos maiores líderes religiosos do mundo, entre eles Dalai Lama, Papa Bento XVI e a indiana Amma. O documentário inédito "Em Nome de Deus" acompanha a vida pessoal e religiosa destas personalidades, e traz à tona perspectivas provocantes e esclarecedoras sobre terrorismo, guerras e intolerância. E é exibido em duas partes: a primeira vai ao ar na quinta-feira, dia 13, e na sexta, 14.

"Em Nome de Deus" foi considerado o melhor programa de TV pelo prêmio de Nova York Cristopher Awards. Os responsáveis pelo filme são os irmãos Jules e Gedeon Naudet, que também produziram o documentário "9/11", sobre o atentado contra as Torres Gêmeas.

Jules diz que o contato com a morte, quando produzia o "9/11", foi o que motivou este projeto. "Onde estaria Deus naquele dia?", é a pergunta que ele faz. Diante de tantas pessoas que se perguntavam qual era o sentido da vida, os irmãos decidiram procurar por uma resposta através dos líderes religiosos. Acompanhando o dia-a-dia destes ícones, eles testemunharam sua fé, seus medos, seus sonhos e seus questionamentos.


Em Nome de Deus – INÉDITO


GNT – Canal Globosat
Parte 1 no ar quinta-feira, dia 13, às 21h
Parte 2 no ar sexta-feira, dia 14, às 21h
Horário Alternativo: parte 1, na quinta-feira, dia 20, às 5h; parte 2, na quinta-feira, dia 27, às 5h
publicado por sattotal às 22:05 | link do post
tags:
O correspondente da BBC no Oriente Médio, Jeremy Bowen, viaja para a Faixa de Gaza onde investiga as consequências do conflito no documentário inédito "As Ruínas de Gaza", que vai ao ar na próxima segunda-feira, dia 10, na faixa "GNT.doc". Entre dezembro de 2008 e o início desse ano, a Faixa de Gaza foi atacada por uma ofensiva militar israelense que durou 22 dias. Cerca de 1.300 palestinos – centenas deles crianças – morreram.

Israel, que perdeu 13 pessoas, chamou o ato de uma guerra de autodefesa, uma resposta aos oito anos de ataques com foguetes dos militantes da Palestina. Palestinos em Gaza e críticos estrangeiros têm uma visão oposta da ofensiva, consideram o ataque uma atrocidade, um uso de força desastrado com morte de civis.

O documentário entrevista vítimas e combatentes, reunindo alegações de ambos os lados sobre os crimes de guerra e os ataques contra civis. O filme também conta as histórias pessoais daqueles que estavam na linha de frente do conflito.

As Ruínas de Gaza – INÉDITO

No ar segunda-feira, dia 10, às 21h
Horários Alternativos: sexta, dia 14, às 5h; terça, dia 18, às 3h
publicado por sattotal às 22:03 | link do post
tags:
O correspondente da BBC no Oriente Médio, Jeremy Bowen, viaja para a Faixa de Gaza onde investiga as consequências do conflito no documentário inédito "As Ruínas de Gaza", que vai ao ar na próxima segunda-feira, dia 10, na faixa "GNT.doc". Entre dezembro de 2008 e o início desse ano, a Faixa de Gaza foi atacada por uma ofensiva militar israelense que durou 22 dias. Cerca de 1.300 palestinos – centenas deles crianças – morreram.

Israel, que perdeu 13 pessoas, chamou o ato de uma guerra de autodefesa, uma resposta aos oito anos de ataques com foguetes dos militantes da Palestina. Palestinos em Gaza e críticos estrangeiros têm uma visão oposta da ofensiva, consideram o ataque uma atrocidade, um uso de força desastrado com morte de civis.

O documentário entrevista vítimas e combatentes, reunindo alegações de ambos os lados sobre os crimes de guerra e os ataques contra civis. O filme também conta as histórias pessoais daqueles que estavam na linha de frente do conflito.

As Ruínas de Gaza – INÉDITO

No ar segunda-feira, dia 10, às 21h
Horários Alternativos: sexta, dia 14, às 5h; terça, dia 18, às 3h
publicado por sattotal às 22:03 | link do post
tags:

Dia dos Pais no Disney Channel.

No dia 9 de agosto, domingo, festeje com seu papai e com uma maratona de desenhos animados, incluindo uma grande estreia.

Começa com Dumbo (11h), seguido de Toy Story (12h30), Pateta 2 - Radicalmente Pateta (14h), Monstros S.A. (15h30) e Irmão Urso 2 (17h). E, finalmente, não deixe de ver a estreia de Pinóquio (20h)!



Dia dos Pais no Playhouse Disney Channel


Neste dia do Pai, Playhouse Disney Channel apresenta novas estréias para assistir com seu pai!

Começando com a première de Vida de Inseto (12h), seguido por novos episódios de A Casa do Mickey Mouse da Disney (14h), Manny, Mãos à Obra (15h)e Os Doodlebops (17h).
publicado por sattotal às 21:59 | link do post
tags:

Dia dos Pais no Disney Channel.

No dia 9 de agosto, domingo, festeje com seu papai e com uma maratona de desenhos animados, incluindo uma grande estreia.

Começa com Dumbo (11h), seguido de Toy Story (12h30), Pateta 2 - Radicalmente Pateta (14h), Monstros S.A. (15h30) e Irmão Urso 2 (17h). E, finalmente, não deixe de ver a estreia de Pinóquio (20h)!



Dia dos Pais no Playhouse Disney Channel


Neste dia do Pai, Playhouse Disney Channel apresenta novas estréias para assistir com seu pai!

Começando com a première de Vida de Inseto (12h), seguido por novos episódios de A Casa do Mickey Mouse da Disney (14h), Manny, Mãos à Obra (15h)e Os Doodlebops (17h).
publicado por sattotal às 21:59 | link do post
tags:

Do mesmo criador de Buffy, A Caça-Vampiros e Firefly, Josh Whedon apresenta a nova série protagonizada por Eliza Dushku (Tru Calling)


Na terça-feira, dia 13 de agosto, às 22h, o FX estreia Dollhouse, a série dramática de Josh Whedon, criador de produções famosas como Firefly e Buffy.


A série, que acaba de confirmar sua nova temporada, tem como protagonista a atriz Eliza Dushky e gira em torno de um grupo cujos integrantes são conhecidos por "Ativos" ou "Bonecos". Tratam-se de indivíduos cuja personalidade foi apagada para dar espaço a novas e infinitas personalidades e capacidades, tais como memória intelectual, memória muscular, habilidade ou idiomas distintos. Com isso, eles cumprem as missões para as quais são designados.


Estes "bonecos" são contratados para realizar trabalhos particulares, crimes, fantasias e às vezes até mesmo boas ações. Entre uma tarefa e outra, sua mente é "apagada", ficando livre das recordações anteriores e os deixando em um estado infantil enquanto vivem em um laboratório futurista e secreto apelidado de A Casa das Bonecas (Dollhouse).

Echo (Eliza Dushku) é um dos membros deste grupo ilegal e secreto, mas diferente dos demais, aos poucos ela começa a se dar conta da realidade e manter certas lembranças de cada uma de suas missões. Confinada em uma instalação secreta, ela e outros "Ativos", como Sierra (Dichen Lachman) e Victor (Enver Gjokaj) – o que ela tem de mais próximo a um amigo – realizam as missões designadas por Adelle (Olivia Williams), líder da Casa das Bonecas e supervisionada por um controlador que os monitora a todo o momento. Mas tudo está sob o olhar atento de Paul Ballard (Tahmoh Penikett), um persistente agente do FBI que ouviu rumores sobre a Casa das Bonecas e está obcecado em destruí-la e salvar Echo.
publicado por sattotal às 21:56 | link do post
tags:

Do mesmo criador de Buffy, A Caça-Vampiros e Firefly, Josh Whedon apresenta a nova série protagonizada por Eliza Dushku (Tru Calling)


Na terça-feira, dia 13 de agosto, às 22h, o FX estreia Dollhouse, a série dramática de Josh Whedon, criador de produções famosas como Firefly e Buffy.


A série, que acaba de confirmar sua nova temporada, tem como protagonista a atriz Eliza Dushky e gira em torno de um grupo cujos integrantes são conhecidos por "Ativos" ou "Bonecos". Tratam-se de indivíduos cuja personalidade foi apagada para dar espaço a novas e infinitas personalidades e capacidades, tais como memória intelectual, memória muscular, habilidade ou idiomas distintos. Com isso, eles cumprem as missões para as quais são designados.


Estes "bonecos" são contratados para realizar trabalhos particulares, crimes, fantasias e às vezes até mesmo boas ações. Entre uma tarefa e outra, sua mente é "apagada", ficando livre das recordações anteriores e os deixando em um estado infantil enquanto vivem em um laboratório futurista e secreto apelidado de A Casa das Bonecas (Dollhouse).

Echo (Eliza Dushku) é um dos membros deste grupo ilegal e secreto, mas diferente dos demais, aos poucos ela começa a se dar conta da realidade e manter certas lembranças de cada uma de suas missões. Confinada em uma instalação secreta, ela e outros "Ativos", como Sierra (Dichen Lachman) e Victor (Enver Gjokaj) – o que ela tem de mais próximo a um amigo – realizam as missões designadas por Adelle (Olivia Williams), líder da Casa das Bonecas e supervisionada por um controlador que os monitora a todo o momento. Mas tudo está sob o olhar atento de Paul Ballard (Tahmoh Penikett), um persistente agente do FBI que ouviu rumores sobre a Casa das Bonecas e está obcecado em destruí-la e salvar Echo.
publicado por sattotal às 21:56 | link do post
tags:

Na operação policial também foram presos pela primeira vez na Europa dois administradores de um fórum da internet.


A Policia espanhola deteve 60 pessoas, entre elas vários directores de hotéis e presidentes de juntas de freguesia em diversas províncias, por piratear o sinal de canais digitais de televisão paga, com o que poderão ter defraudado vários milhões de euros.

Na operação também foram presos pela primeira vez na Europa dois administradores de um fórum web, a partir do qual se realizavam uploading" (subida de conteúdos de maneira fraudulenta), principalmente de jogos de futebol, segundo informa a «Dirección General de la Policía» e a «Guardia Civil».

Estes dois detidos encarregavam-se de oferecer através da Internet o sinal de televisão de uma plataforma digital por assinatura e outra árabe, para redistribui-los posteriormente “via streaming” ou radiodifusão através de portais web americanos.
Também foram presos vários administradores empresariais, comerciantes, presidentes de juntas de freguesia e proprietários, assim como directores de hotéis, na maioria em zonas turísticas de Andaluzia e Canárias.

Graças ao dispositivo policial foi desmantelado em Sevilha um centro emissor clandestino, situado no interior de uma casota instalada num terraço de um edifício, que "teledistribuía" ilicitamente a 1.274 vivendas conteúdos emitidos por dois canais pagos.

Para o efeito utilizavam uma rede de cabo distribuída pelos terraços e fachadas de diversos imóveis do bairro onde operava o centro emissor, cujos responsáveis eram dois comerciantes da zona, que se encarregavam de receber uma quota mensal, porta a porta, aos vizinhos q quem era facilitado o referido serviço.

Foram ainda descobertas varias redes de cabo a funcionar em Tenerife, Málaga, Cádis, Córdoba e Granada, que distribuíam determinados canais e conteúdos aos seus assinantes, sem terem as necessárias autorizações.

Uma destas redes, cujo centro emissor se encontrava na zona sul de Tenerife, emitia de maneira fraudulenta para mais de 3.000 usuários, aos que cobrava uma elevada quota mensal, conteúdos de diversos canais pagos estrangeiros. Também foram localizadas varias comunidades e estabelecimentos hoteleiros que utilizavam diversos métodos para "teledistribuir" em todas as vivendas e estancias ou habitações no caso dos hotéis, a emissão das plataformas de televisão por assinatura.

Para levar a cabo a fraude, os detidos contavam com a conveniência de terceiros residentes no Reino Unido que lhes facultava a documentação necessária para os contratos falsos que forneciam aos usuários que captavam em território nacional. Uma vez angariado o cliente, formalizavam um contrato com a referida plataforma falseando um serie de dados.

Durante a operação foram apreendidos dezenas de milhares de contratos fraudulentos, além das correspondentes facturas, que comprovam a actividade ilícita, e onde se constata que a fraude ascende a vários milhões de euros.

A Policia apreendeu ainda 851 descodificadores, 1.321 cartões smart-card, 92 unidades entre moduladores, amplificadores, ordenadores e telefones.

Na investigação participaram as brigadas de Policia Judicial de Almería, Granada, Córdoba, Sevilha, Las Palmas de Gran Canaria, Soria, Cantábria, Pontevedra, Barcelona, Madrid, Málaga, Saragoça, San Lúcar de Barrameda (Cádiz), Playa de las Américas (Tenerife), Marbella e Ronda (Málaga) e El Ejido (Almería), assim como o Grupo de Delitos contra a Propiedade Intelectual e Industrial da «UDEV Central».

Também contou com a colaboração da Entidade de Gestão dos «Derechos de los Productores Audiovisuales», vários canais digitais por assinatura e diversos técnicos da área de telecomunicações de audiovisual.
publicado por sattotal às 21:37 | link do post

Na operação policial também foram presos pela primeira vez na Europa dois administradores de um fórum da internet.


A Policia espanhola deteve 60 pessoas, entre elas vários directores de hotéis e presidentes de juntas de freguesia em diversas províncias, por piratear o sinal de canais digitais de televisão paga, com o que poderão ter defraudado vários milhões de euros.

Na operação também foram presos pela primeira vez na Europa dois administradores de um fórum web, a partir do qual se realizavam uploading" (subida de conteúdos de maneira fraudulenta), principalmente de jogos de futebol, segundo informa a «Dirección General de la Policía» e a «Guardia Civil».

Estes dois detidos encarregavam-se de oferecer através da Internet o sinal de televisão de uma plataforma digital por assinatura e outra árabe, para redistribui-los posteriormente “via streaming” ou radiodifusão através de portais web americanos.
Também foram presos vários administradores empresariais, comerciantes, presidentes de juntas de freguesia e proprietários, assim como directores de hotéis, na maioria em zonas turísticas de Andaluzia e Canárias.

Graças ao dispositivo policial foi desmantelado em Sevilha um centro emissor clandestino, situado no interior de uma casota instalada num terraço de um edifício, que "teledistribuía" ilicitamente a 1.274 vivendas conteúdos emitidos por dois canais pagos.

Para o efeito utilizavam uma rede de cabo distribuída pelos terraços e fachadas de diversos imóveis do bairro onde operava o centro emissor, cujos responsáveis eram dois comerciantes da zona, que se encarregavam de receber uma quota mensal, porta a porta, aos vizinhos q quem era facilitado o referido serviço.

Foram ainda descobertas varias redes de cabo a funcionar em Tenerife, Málaga, Cádis, Córdoba e Granada, que distribuíam determinados canais e conteúdos aos seus assinantes, sem terem as necessárias autorizações.

Uma destas redes, cujo centro emissor se encontrava na zona sul de Tenerife, emitia de maneira fraudulenta para mais de 3.000 usuários, aos que cobrava uma elevada quota mensal, conteúdos de diversos canais pagos estrangeiros. Também foram localizadas varias comunidades e estabelecimentos hoteleiros que utilizavam diversos métodos para "teledistribuir" em todas as vivendas e estancias ou habitações no caso dos hotéis, a emissão das plataformas de televisão por assinatura.

Para levar a cabo a fraude, os detidos contavam com a conveniência de terceiros residentes no Reino Unido que lhes facultava a documentação necessária para os contratos falsos que forneciam aos usuários que captavam em território nacional. Uma vez angariado o cliente, formalizavam um contrato com a referida plataforma falseando um serie de dados.

Durante a operação foram apreendidos dezenas de milhares de contratos fraudulentos, além das correspondentes facturas, que comprovam a actividade ilícita, e onde se constata que a fraude ascende a vários milhões de euros.

A Policia apreendeu ainda 851 descodificadores, 1.321 cartões smart-card, 92 unidades entre moduladores, amplificadores, ordenadores e telefones.

Na investigação participaram as brigadas de Policia Judicial de Almería, Granada, Córdoba, Sevilha, Las Palmas de Gran Canaria, Soria, Cantábria, Pontevedra, Barcelona, Madrid, Málaga, Saragoça, San Lúcar de Barrameda (Cádiz), Playa de las Américas (Tenerife), Marbella e Ronda (Málaga) e El Ejido (Almería), assim como o Grupo de Delitos contra a Propiedade Intelectual e Industrial da «UDEV Central».

Também contou com a colaboração da Entidade de Gestão dos «Derechos de los Productores Audiovisuales», vários canais digitais por assinatura e diversos técnicos da área de telecomunicações de audiovisual.
publicado por sattotal às 21:37 | link do post




Um grupo de 35 homens e mulheres armados e identificados como partidários do presidente de Venezuela, Hugo Chávez, entraram dia 3 , cerca das 13h00(hora de Venezuela) , nas instalações da estação de televisão Globovisión, em Caracas, onde depois de renderem os seguranças com armas de fogo , lançaram granadas de gás lacrimogéneo.





Os gases lançados nas imediações do estúdio principal , espalharam-se rapidamente por todo o complexo situado na localidade de Alta Florida.

Do ataque resultaram dois feridos ligeiros , queimaduras num braço de um segurança da estação e um golpe na cabeça de um oficial da policia metropolitana

A acção foi registada pelas câmaras de segurança da estação, que já tornou publicas as imagens onde se pode ver o desenrolar dos acontecimentos , e, a intervenção da activista “ Chavista ” de nome Lina Ron a comandar um grupo de indivíduos a agir de cara descoberta.

Globovisión é o único canal privado de Venezuela , e que mantém uma linha editorial próxima da oposição , denunciando as politicas ditatoriais do regime de Hugo Chavez.

Por isso Globovision tem estado na mira do governo que tudo tem feito para silenciar o canal, acusando os responsáveis da estação de “ conspirar e incitar à violência…”.


O ministro do Interior, condenou o atentado que qualificou de “incidente violento e acção delinquente “ e disse ter ordenado medidas imediatas contra os responsáveis.


No entanto a alegada responsável pelos acontecimentos Lina Ron , no passado foi interveniente noutros actos de agressão contra instituições e opositores do regime , tendo sido apenas aconselhada “a reflectir” pelo próprio presidente Hugo Chávez , que disse que as suas acções não eram de uma verdadeira revolucionaria….


publicado por sattotal às 21:30 | link do post




Um grupo de 35 homens e mulheres armados e identificados como partidários do presidente de Venezuela, Hugo Chávez, entraram dia 3 , cerca das 13h00(hora de Venezuela) , nas instalações da estação de televisão Globovisión, em Caracas, onde depois de renderem os seguranças com armas de fogo , lançaram granadas de gás lacrimogéneo.





Os gases lançados nas imediações do estúdio principal , espalharam-se rapidamente por todo o complexo situado na localidade de Alta Florida.

Do ataque resultaram dois feridos ligeiros , queimaduras num braço de um segurança da estação e um golpe na cabeça de um oficial da policia metropolitana

A acção foi registada pelas câmaras de segurança da estação, que já tornou publicas as imagens onde se pode ver o desenrolar dos acontecimentos , e, a intervenção da activista “ Chavista ” de nome Lina Ron a comandar um grupo de indivíduos a agir de cara descoberta.

Globovisión é o único canal privado de Venezuela , e que mantém uma linha editorial próxima da oposição , denunciando as politicas ditatoriais do regime de Hugo Chavez.

Por isso Globovision tem estado na mira do governo que tudo tem feito para silenciar o canal, acusando os responsáveis da estação de “ conspirar e incitar à violência…”.


O ministro do Interior, condenou o atentado que qualificou de “incidente violento e acção delinquente “ e disse ter ordenado medidas imediatas contra os responsáveis.


No entanto a alegada responsável pelos acontecimentos Lina Ron , no passado foi interveniente noutros actos de agressão contra instituições e opositores do regime , tendo sido apenas aconselhada “a reflectir” pelo próprio presidente Hugo Chávez , que disse que as suas acções não eram de uma verdadeira revolucionaria….


publicado por sattotal às 21:30 | link do post

Desde o dia 3 de agosto, toda a operação da rede Blue TV esta unificada com a mudança de nome - para Blue TV - do atual Canal de São Paulo (Canal 18 da TVA).


Transmitido há 11 anos pela TVA, é um dos únicos canais independentes na TV e 100% brasileiro. Em São Paulo, Capital, a Blue TV operava por meio do Canal de São Paulo, 18, e nas demais cidades da rede apresenta-se como Blue TV: RJ (18), Curitiba (70) e Florianópolis (75).


"Com a mudança de marca na Capital, o Canal de São Paulo - que passa a chamar Blue TV como toda a rede também promove ajustes em sua programação na linha da proposta do canal, sem perder a identidade". "Estamos em um momento de expansão para outras operadoras e, conseqüentemente, para outras praças. E esse foi o impulso para unificarmos a rede, para fortalecermos a marca e modernizarmos a comunicação do canal, que existe já há mais de 10 anos.", comenta a gerente de marketing Priscila Bernal.


Os produtores e programadores do canal criaram uma grade diversificada e coerente com a proposta da emissora. O canal oferece entretenimento nas áreas de moda e comportamento, além de programas humorísticos e esportivos exclusivos. A BlueTV também apresenta filmes atuais e antigos, séries que marcaram época, programas de auditório, esportes, notícias, gastronomia e shows.

Fonte:TV Magazine
publicado por sattotal às 21:27 | link do post
tags:

Desde o dia 3 de agosto, toda a operação da rede Blue TV esta unificada com a mudança de nome - para Blue TV - do atual Canal de São Paulo (Canal 18 da TVA).


Transmitido há 11 anos pela TVA, é um dos únicos canais independentes na TV e 100% brasileiro. Em São Paulo, Capital, a Blue TV operava por meio do Canal de São Paulo, 18, e nas demais cidades da rede apresenta-se como Blue TV: RJ (18), Curitiba (70) e Florianópolis (75).


"Com a mudança de marca na Capital, o Canal de São Paulo - que passa a chamar Blue TV como toda a rede também promove ajustes em sua programação na linha da proposta do canal, sem perder a identidade". "Estamos em um momento de expansão para outras operadoras e, conseqüentemente, para outras praças. E esse foi o impulso para unificarmos a rede, para fortalecermos a marca e modernizarmos a comunicação do canal, que existe já há mais de 10 anos.", comenta a gerente de marketing Priscila Bernal.


Os produtores e programadores do canal criaram uma grade diversificada e coerente com a proposta da emissora. O canal oferece entretenimento nas áreas de moda e comportamento, além de programas humorísticos e esportivos exclusivos. A BlueTV também apresenta filmes atuais e antigos, séries que marcaram época, programas de auditório, esportes, notícias, gastronomia e shows.

Fonte:TV Magazine
publicado por sattotal às 21:27 | link do post
tags:
Depois de reunir a audiência de 1,3 milhões de telespectadores em sua estréia nos Estados Unidos, a terceira temporada da aclamada série THE TUDORS estreia no People+Arts em 9 de agosto, às 22 horas, com o episódio inicial exibido sem intervalos comerciais.

Dando continuidade à história do reinado de Henrique VIII, os novos episódios, exibidos sempre aos domingos, revelam o período tumultuado vivido pelo rei da Inglaterra ao lado de suas terceira e quarta esposas: Jane Seymour e Ana de Cleves.

Filmada na Irlanda, a trama da terceira temporada de THE TUDORS começa na véspera da execução de Ana Bolena, quando Henrique VIII (Jonathan Rhys Meyer) se casa com Jane Seymour (Annabelle Wallis). Seu terceiro casamento deve dar-lhe o filho homem que tanto anseia. Entretanto, além da sucessão do trono, o rei deve enfrentar o próprio povo da Inglaterra e a determinação do Papa, que busca conter a nova onda de protestantismo. O poderoso Cromwell (James Frain) reúne esforços para exterminar católicos e, após a morte prematura de Jane Cromwell, desposa Ana de Cleves (Joss Stone), mas a união não agrada o rei. A lealdade é posta em xeque quando Henrique VIII desmascara inimigos infiltrados: ninguém está a salvo da ira do rei.

A nova temporada mantém a linguagem refinada e a releitura envolvente dos fatos históricos. Jovem, atraente e poderoso, Henrique VIII retratado prefere deixar os assuntos do Estado fora de suas prioridades e dedicar-se às proezas atléticas e poéticas. Obstinado e irredutível, Henrique VIII foi capaz de desafiar a instituição mais poderosa da Europa Medieval, a Igreja Católica Romana, e não hesita em executar seus súditos diante do menor sinal de insubordinação.

A terceira temporada de THE TUDORS é produzida por Peace Arch Entertainment em associação com Reveille Eire (Irlanda), Working Title Films e Canadian Broadcasting Corporation. Michael Hirst é criador e produtor executivo. Ciarán Donnelly, Brian Kirk, Alison Maclean, Charles McDougall, Steve Shill são diretores.

ENTREVISTA COM MORGAN O'SULLIVAN

O produtor executivo de The Tudors fala sobre a terceira temporada da série, que estreia em agosto no People & Arts.

PERGUNTA: Por que o personagem de Henrique VIII aparece como uma pessoa muito mais humana que a dos livros?

Morgan O'Sullivan: Queríamos apresentá-lo como o jovem que assumiu o trono pela primeira vez, e não como a pintura de Hans Holbein, que mostra um Henrique VIII enorme, gordo, que comia demais. Entre os 20 e os 30 anos, ele era muito bonito, magro, muito atraente e viril. Só engordou no final da vida.
Por isso quisemos mostrá-lo jovem, para envelhecê-lo gradualmente na terceira temporada. A maior mudança será evidente na quarta temporada, mas isso o público só verá no ano que vem.

PERGUNTA: Como manter a história atraente depois de duas temporadas?

Morgan O'Sullivan: A história em si e o trabalho dos atores ajudam muito. É incrível, mas verdade sempre supera a ficção. Neste caso em particular, temos personagens sensacionais que fizeram coisas extraordinárias. Tanto que os roteiros ficam cada vez mais emocionantes à medida que a história avança, porque você não acredita nas coisas que este homem fez, os conflitos que provocou na corte para conquistar tal posição... Tudo ali é formidável.
As tramas, ciúmes e preconceitos são surpreendentes. Eles eram ferozmente competitivos e suponho que era como se mantinham vivos.

PERGUNTA: Como a atual situação econômica afeta a realização de uma série como essa?

Morgan O'Sullivan: Bem, temos o apoio dos broadcasters em todo o mundo e estamos indo muito bem. Trabalhamos duro para isso, e também contamos com uma equipe muito especial, temos tido muita sorte neste sentido. Quando começo a trabalhar em algo deste tipo, procuro transferir a qualidade e as características de um filme para o horário nobre da televisão. Uma boa ambientação nem sempre está atrelada a custos altos.Ela depende mais da imaginação e do desejo de fazer cada vez melhor
publicado por sattotal às 21:24 | link do post
Depois de reunir a audiência de 1,3 milhões de telespectadores em sua estréia nos Estados Unidos, a terceira temporada da aclamada série THE TUDORS estreia no People+Arts em 9 de agosto, às 22 horas, com o episódio inicial exibido sem intervalos comerciais.

Dando continuidade à história do reinado de Henrique VIII, os novos episódios, exibidos sempre aos domingos, revelam o período tumultuado vivido pelo rei da Inglaterra ao lado de suas terceira e quarta esposas: Jane Seymour e Ana de Cleves.

Filmada na Irlanda, a trama da terceira temporada de THE TUDORS começa na véspera da execução de Ana Bolena, quando Henrique VIII (Jonathan Rhys Meyer) se casa com Jane Seymour (Annabelle Wallis). Seu terceiro casamento deve dar-lhe o filho homem que tanto anseia. Entretanto, além da sucessão do trono, o rei deve enfrentar o próprio povo da Inglaterra e a determinação do Papa, que busca conter a nova onda de protestantismo. O poderoso Cromwell (James Frain) reúne esforços para exterminar católicos e, após a morte prematura de Jane Cromwell, desposa Ana de Cleves (Joss Stone), mas a união não agrada o rei. A lealdade é posta em xeque quando Henrique VIII desmascara inimigos infiltrados: ninguém está a salvo da ira do rei.

A nova temporada mantém a linguagem refinada e a releitura envolvente dos fatos históricos. Jovem, atraente e poderoso, Henrique VIII retratado prefere deixar os assuntos do Estado fora de suas prioridades e dedicar-se às proezas atléticas e poéticas. Obstinado e irredutível, Henrique VIII foi capaz de desafiar a instituição mais poderosa da Europa Medieval, a Igreja Católica Romana, e não hesita em executar seus súditos diante do menor sinal de insubordinação.

A terceira temporada de THE TUDORS é produzida por Peace Arch Entertainment em associação com Reveille Eire (Irlanda), Working Title Films e Canadian Broadcasting Corporation. Michael Hirst é criador e produtor executivo. Ciarán Donnelly, Brian Kirk, Alison Maclean, Charles McDougall, Steve Shill são diretores.

ENTREVISTA COM MORGAN O'SULLIVAN

O produtor executivo de The Tudors fala sobre a terceira temporada da série, que estreia em agosto no People & Arts.

PERGUNTA: Por que o personagem de Henrique VIII aparece como uma pessoa muito mais humana que a dos livros?

Morgan O'Sullivan: Queríamos apresentá-lo como o jovem que assumiu o trono pela primeira vez, e não como a pintura de Hans Holbein, que mostra um Henrique VIII enorme, gordo, que comia demais. Entre os 20 e os 30 anos, ele era muito bonito, magro, muito atraente e viril. Só engordou no final da vida.
Por isso quisemos mostrá-lo jovem, para envelhecê-lo gradualmente na terceira temporada. A maior mudança será evidente na quarta temporada, mas isso o público só verá no ano que vem.

PERGUNTA: Como manter a história atraente depois de duas temporadas?

Morgan O'Sullivan: A história em si e o trabalho dos atores ajudam muito. É incrível, mas verdade sempre supera a ficção. Neste caso em particular, temos personagens sensacionais que fizeram coisas extraordinárias. Tanto que os roteiros ficam cada vez mais emocionantes à medida que a história avança, porque você não acredita nas coisas que este homem fez, os conflitos que provocou na corte para conquistar tal posição... Tudo ali é formidável.
As tramas, ciúmes e preconceitos são surpreendentes. Eles eram ferozmente competitivos e suponho que era como se mantinham vivos.

PERGUNTA: Como a atual situação econômica afeta a realização de uma série como essa?

Morgan O'Sullivan: Bem, temos o apoio dos broadcasters em todo o mundo e estamos indo muito bem. Trabalhamos duro para isso, e também contamos com uma equipe muito especial, temos tido muita sorte neste sentido. Quando começo a trabalhar em algo deste tipo, procuro transferir a qualidade e as características de um filme para o horário nobre da televisão. Uma boa ambientação nem sempre está atrelada a custos altos.Ela depende mais da imaginação e do desejo de fazer cada vez melhor
publicado por sattotal às 21:24 | link do post

A estação de TV do Hezbollah, por duas vezes proibida na Austrália por apoiar o terrorismo, recebeu nova permissão para transmitir para o país após um inquérito concluir que não violou a legislação anti-terrorismo.

A decisão da Autoridade Australiana das Comunicação e Media (ACMA) sobre a estação «Al-Manar» com base no Líbano tem causado muita polémica e escandalizados sobretudo os grupos judaicos.

A organização Hezbollah, está proibida nos Estados Unidos, que a qualifica como uma organização terrorista, no entanto na Austrália apenas o seu braço armado é proibido. Apesar dos seus programas de TV apoiarem os bombistas suicidas e apelarem à aniquilação do estado de Israel e se referir aos judeus como descendentes de suínos e macacos fomentado o anti-semitismo, a ACMA decidiu autorizar as emissões do canal. Acusam responsáveis da comunidade judaica da Austrália.

Por duas vezes as emissões de «Al-Manar» foram suspensas na Austrália, no entanto a ACMA fundamenta agora a sua decisão, no facto de ter monitorizado desde Agosto do ano passado as suas emissões a partir da Indonésia e ter constatado que embora faça referências ao Hezbollah, não apela ao recrutamento de pessoas ou angariação de fundos.

A ACMA garantiu que investigará qualquer denúncia que possa surgir sobre o desempenho da estação.

As emissões de «Al-Manar» estão proibidas na França, Alemanha, Espanha e Estados Unidos.
publicado por sattotal às 21:18 | link do post

A estação de TV do Hezbollah, por duas vezes proibida na Austrália por apoiar o terrorismo, recebeu nova permissão para transmitir para o país após um inquérito concluir que não violou a legislação anti-terrorismo.

A decisão da Autoridade Australiana das Comunicação e Media (ACMA) sobre a estação «Al-Manar» com base no Líbano tem causado muita polémica e escandalizados sobretudo os grupos judaicos.

A organização Hezbollah, está proibida nos Estados Unidos, que a qualifica como uma organização terrorista, no entanto na Austrália apenas o seu braço armado é proibido. Apesar dos seus programas de TV apoiarem os bombistas suicidas e apelarem à aniquilação do estado de Israel e se referir aos judeus como descendentes de suínos e macacos fomentado o anti-semitismo, a ACMA decidiu autorizar as emissões do canal. Acusam responsáveis da comunidade judaica da Austrália.

Por duas vezes as emissões de «Al-Manar» foram suspensas na Austrália, no entanto a ACMA fundamenta agora a sua decisão, no facto de ter monitorizado desde Agosto do ano passado as suas emissões a partir da Indonésia e ter constatado que embora faça referências ao Hezbollah, não apela ao recrutamento de pessoas ou angariação de fundos.

A ACMA garantiu que investigará qualquer denúncia que possa surgir sobre o desempenho da estação.

As emissões de «Al-Manar» estão proibidas na França, Alemanha, Espanha e Estados Unidos.
publicado por sattotal às 21:18 | link do post

Um novo canal temático designado por « Fitness TV» , iniciou as suas emissões em FTA ( sinal livre) através do satélite Eurobird 1, situado na posição orbital dos 28´5º Este, dial 282 de Sky Channel. Fitness TV é o primeiro canal do Reino Unido a emitir 24 horas / 7 dias da semana , dedicado à saúde e fitness .


Dados para sintonia


Satélite: Eurobird 1
Posição orbital: 28,5º Este
Frequência: 12560
Polarização: Vertical
SR 27500
FEC 2/3.


imagem:Nowsat
publicado por sattotal às 21:15 | link do post

Um novo canal temático designado por « Fitness TV» , iniciou as suas emissões em FTA ( sinal livre) através do satélite Eurobird 1, situado na posição orbital dos 28´5º Este, dial 282 de Sky Channel. Fitness TV é o primeiro canal do Reino Unido a emitir 24 horas / 7 dias da semana , dedicado à saúde e fitness .


Dados para sintonia


Satélite: Eurobird 1
Posição orbital: 28,5º Este
Frequência: 12560
Polarização: Vertical
SR 27500
FEC 2/3.


imagem:Nowsat
publicado por sattotal às 21:15 | link do post

O vice-presidente da estação televisiva Globovisión, Carlos Zuloaga, assegurou ontem que o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, já tomou a decisão de fechar esse canal de televisão, mas que antes tenta minimizar o custo político. "Chávez já tomou a decisão de fechar a Globovisión. Está apenas a procurar uma maneira de diminuir o custo político", afirmou Zuloaga numa conferência organizada pelo Instituto Cato, onde substituiu o pai e presidente da emissora, Guillermo Zuloaga.

A Globovisión, ameaçada de encerramento pelo governo venezuelano é acusada de promover um "terrorismo midiático", e está presentemente sujeita a multas estatais de cerca de 4,2 milhões de dólares norte-americanos, além de cinco processos administrativos, dois dos quais poderão acarretar a proibição da estação no sistema de canal aberto.

O vice-presidente da emissora lembrou que no caso da Radio Caracas Televisión (RCTV), que teve que deixou de transmitir em aberto em Maio de 2007, Chávez avisou em Dezembro que não renovaria o direito, com o que "deu cinco meses a todos e aos venezuelanos" antes da saída do ar.

"O que vemos no caso da Globovisió" é que Chávez quer encontrar vias para minimizar o custo político" que representou "fechar a RCTV", explicou Zuloaga. Segundo ele, o governo venezuelano, antes de retirar à Globovisión o direito de transmitir em aberto, quer regular primeiro a televisão a cabo.

Há duas semanas o ministro de Obras Pública da Venezuela, Diosdado Cabello, advertiu que o governo está disposto a confiscar a licença do canal de notícias Globovisión e anunciou que em breve serão iniciados processos contra algumas rádios que estariam operando sem autorização. Cabello disse, durante entrevista a uma emissora estatal que "se a Globovisión não cumpre com as leis, o Estado pode lhe retirar a concessão.".

Fonte: DN
publicado por sattotal às 21:09 | link do post

O vice-presidente da estação televisiva Globovisión, Carlos Zuloaga, assegurou ontem que o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, já tomou a decisão de fechar esse canal de televisão, mas que antes tenta minimizar o custo político. "Chávez já tomou a decisão de fechar a Globovisión. Está apenas a procurar uma maneira de diminuir o custo político", afirmou Zuloaga numa conferência organizada pelo Instituto Cato, onde substituiu o pai e presidente da emissora, Guillermo Zuloaga.

A Globovisión, ameaçada de encerramento pelo governo venezuelano é acusada de promover um "terrorismo midiático", e está presentemente sujeita a multas estatais de cerca de 4,2 milhões de dólares norte-americanos, além de cinco processos administrativos, dois dos quais poderão acarretar a proibição da estação no sistema de canal aberto.

O vice-presidente da emissora lembrou que no caso da Radio Caracas Televisión (RCTV), que teve que deixou de transmitir em aberto em Maio de 2007, Chávez avisou em Dezembro que não renovaria o direito, com o que "deu cinco meses a todos e aos venezuelanos" antes da saída do ar.

"O que vemos no caso da Globovisió" é que Chávez quer encontrar vias para minimizar o custo político" que representou "fechar a RCTV", explicou Zuloaga. Segundo ele, o governo venezuelano, antes de retirar à Globovisión o direito de transmitir em aberto, quer regular primeiro a televisão a cabo.

Há duas semanas o ministro de Obras Pública da Venezuela, Diosdado Cabello, advertiu que o governo está disposto a confiscar a licença do canal de notícias Globovisión e anunciou que em breve serão iniciados processos contra algumas rádios que estariam operando sem autorização. Cabello disse, durante entrevista a uma emissora estatal que "se a Globovisión não cumpre com as leis, o Estado pode lhe retirar a concessão.".

Fonte: DN
publicado por sattotal às 21:09 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
comentários recentes
Olá robo
MUSA, DIVA, SEREIA LINDA E DELICIOSA QUE AMAREI ET...
ANA HICKMANN A SEREIA MAIS LINDA E DELICIOSA DO MU...
MUSA, DIVA, SEREIA LINDA E DELICIOSA QUE AMAREI ET...
Sereia linda e deliciosa Ana Hickmann, te amo
Deusa linda que amo demais Ana Hickmann
Te amarei enternamente Ana Hickmann
Diva, musa, sereia linda Ana Hickmann, te amo dema...
Está fixe :-)
Faltou indicar os créditos desse artigo. A fonte o...
subscrever feeds
SAPO Blogs