Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LIVE TV

LIVE TV

Televisão online no Media Player - 24-09-2010

Setembro 24, 2010

sattotal

Televisão online no Media Player - 24-09-2010

Setembro 24, 2010

sattotal

Sony Sparks Infringement Row

Setembro 24, 2010

sattotal


Sony has ordered the removal of music videos from Youtube. Apparently, some person calling herself 'Beyonce' had uploaded Beyonce's music videos on the site... except that it was actually Beyonce!

Sony has had many of Beyonce's music videos removed from Beyonce's official channel, claiming copyright infringment.

It is not reported whether this act was intentional or in fact a mistake. Vevo is already unavailable to the UK and now it seems ordinary Youtube channels are also being rigorously kept closed for certain countries.

But this doesn't anger us at all. Music channels on Sky and Virgin Media are only part of paid packages, although there are some free ones out there that have some decent content, but what is the chance they will play the video we want to watch?

Very little.

So if US branches of music companies wish for us to not view their content (unless we pay to do so) then what is there to do but focus primarily on the great British artists instead, whose music we do have legal access to?

If anything, it is reported that acts such as these and the lack of access to Vevo will only serve to put UK fans off artists whose music and videos are unsamplable, destroying the desire to buy the album resulting in a decline in sales for the US music industry here in the UK.

For example, musicvids.tv is a fan of featuring many different kinds of music. It was only while watching the opening sequence of an anime that Japanese band AFKG's 'Haruka Kanata', which was the theme song, was made known to us. Such a brilliant song but without any marketing here in the UK, there was no other way we would have come across it. Officially, this song is banned from Youtube as it infringes Sony's copyright policy.

So without being able to sample music through videos (Youtube being the most popular format for doing so via music videos), potential fans would not become fans.

Scouring through Youtube, many comments musicvids.tv has come across read something along the lines of 'what was the backing song used in the video???' This is how we, in the 21st century, come across new music. Posters will not sway us, that is something we no longer use to judge music. We will only pay for it if it is something we believe it is worth paying for and not every single artist puts out a TV ad.

We predict some good times ahead for UK and Australian bands and artists for the rest of 2010 - so long as they stay away from Vevo...

Sony Sparks Infringement Row

Setembro 24, 2010

sattotal


Sony has ordered the removal of music videos from Youtube. Apparently, some person calling herself 'Beyonce' had uploaded Beyonce's music videos on the site... except that it was actually Beyonce!

Sony has had many of Beyonce's music videos removed from Beyonce's official channel, claiming copyright infringment.

It is not reported whether this act was intentional or in fact a mistake. Vevo is already unavailable to the UK and now it seems ordinary Youtube channels are also being rigorously kept closed for certain countries.

But this doesn't anger us at all. Music channels on Sky and Virgin Media are only part of paid packages, although there are some free ones out there that have some decent content, but what is the chance they will play the video we want to watch?

Very little.

So if US branches of music companies wish for us to not view their content (unless we pay to do so) then what is there to do but focus primarily on the great British artists instead, whose music we do have legal access to?

If anything, it is reported that acts such as these and the lack of access to Vevo will only serve to put UK fans off artists whose music and videos are unsamplable, destroying the desire to buy the album resulting in a decline in sales for the US music industry here in the UK.

For example, musicvids.tv is a fan of featuring many different kinds of music. It was only while watching the opening sequence of an anime that Japanese band AFKG's 'Haruka Kanata', which was the theme song, was made known to us. Such a brilliant song but without any marketing here in the UK, there was no other way we would have come across it. Officially, this song is banned from Youtube as it infringes Sony's copyright policy.

So without being able to sample music through videos (Youtube being the most popular format for doing so via music videos), potential fans would not become fans.

Scouring through Youtube, many comments musicvids.tv has come across read something along the lines of 'what was the backing song used in the video???' This is how we, in the 21st century, come across new music. Posters will not sway us, that is something we no longer use to judge music. We will only pay for it if it is something we believe it is worth paying for and not every single artist puts out a TV ad.

We predict some good times ahead for UK and Australian bands and artists for the rest of 2010 - so long as they stay away from Vevo...

LaSexta retransmite, a partir de hoy, el GP de formula 1 de Singapur

Setembro 24, 2010

sattotal

Una nueva final del Mundial de Fórmula 1 2010 se disputa este fin de semana en laSexta con el GP de Singapur, en un circuito urbano espectacular y especial, que se corre de noche.
Una nueva oportunidad para ver la emocionante lucha de cinco grandes pilotos por el título de campeón del mundo, una pugna aún más emocionante tras el triunfo de Fernando Alonso en el GP de Italia. El GP de Singapur es un Gran Premio especial porque se disputa de noche, en sentido contrario a las agujas del reloj y es un trazado urbano, lo que lo convierte en un gran espectáculo deportivo.
laSexta emitirá el Gran Premio de Singapur a partir de hoy. La cadena ofrecerá el viernes los primeros libres del Gran Premio de Singapur, a las 12:00 horas en directo, con toda la información y la emoción de los libres de este GP.
El sábado, la cadena ofrece los entrenamientos libres 3, a las 12:55 horas en directo. A las 15:30, la cadena ofrecerá el previo de media hora, donde se analizará lo que han dado de sí los entrenamientos y escucharemos las impresiones de los pilotos.
Y a las 16:00 horas, la sesión de clasificación en la que queda configurada la parrilla de salida para el domingo.
A las 12:00 horas del domingo 26 de septiembre, la cadena emite un gran previo espectacular, con todas las claves de esta carrera, toda la información de los entrenamientos, las estrategias de los equipos y la última hora de Fernando Alonso y Jaime Alguersuari.
A las 14:00 horas y en directo, la cadena ofrecerá la carrera nocturna de Singapur.

LaSexta retransmite, a partir de hoy, el GP de formula 1 de Singapur

Setembro 24, 2010

sattotal

Una nueva final del Mundial de Fórmula 1 2010 se disputa este fin de semana en laSexta con el GP de Singapur, en un circuito urbano espectacular y especial, que se corre de noche.
Una nueva oportunidad para ver la emocionante lucha de cinco grandes pilotos por el título de campeón del mundo, una pugna aún más emocionante tras el triunfo de Fernando Alonso en el GP de Italia. El GP de Singapur es un Gran Premio especial porque se disputa de noche, en sentido contrario a las agujas del reloj y es un trazado urbano, lo que lo convierte en un gran espectáculo deportivo.
laSexta emitirá el Gran Premio de Singapur a partir de hoy. La cadena ofrecerá el viernes los primeros libres del Gran Premio de Singapur, a las 12:00 horas en directo, con toda la información y la emoción de los libres de este GP.
El sábado, la cadena ofrece los entrenamientos libres 3, a las 12:55 horas en directo. A las 15:30, la cadena ofrecerá el previo de media hora, donde se analizará lo que han dado de sí los entrenamientos y escucharemos las impresiones de los pilotos.
Y a las 16:00 horas, la sesión de clasificación en la que queda configurada la parrilla de salida para el domingo.
A las 12:00 horas del domingo 26 de septiembre, la cadena emite un gran previo espectacular, con todas las claves de esta carrera, toda la información de los entrenamientos, las estrategias de los equipos y la última hora de Fernando Alonso y Jaime Alguersuari.
A las 14:00 horas y en directo, la cadena ofrecerá la carrera nocturna de Singapur.

Judeus ortodoxos estão proibidos de usar a internet em Israel

Setembro 24, 2010

sattotal


Decreto assinado por líderes proibe até acesso a sites judeus ultraortodoxos

Uma comissão de rabinos importantes de Israel publicou um anuncio esta semana proibindo uso da internet. O documento não isenta nem mesmo os sites voltados especialmente ao público judeu ortodoxo.

Visto com um dos mais importantes líderes religiosos do braço ultraortodoxo do judaísmo, o rabino Youssef Eliashiv assinou decreto que proibe o uso da internet a seus seguidores. "Mesmo se os sites fossem totalmente limpos de tudo que é proibido, servem de entrada para a internet impura que já derrubou muitas almas em Israel", informa o documento assinado também por mais de 20 rabinos.

O anúncio continua informando que as páginas divulgam impurezas para dezenas de milhares, de maneira totalmente desenfreada. Para a liderança judaica que assina o texto, não se deve olhar para os sites nem colaborar com eles.

O documento gerou estranhamento em meio ao setor ultraortodoxo do judaísmo em Israel. Uma crise já vinha se anunciando entre religiosos há alguns anos. O anúncio causou o fechamento de alguns sites ligados ao setor mais conservador da fé judaica.

A repercussão foi tanta que David Rotenberg, diretor Behadrei Haredim, maior site ultraortodoxo naquele país, pediu demissão do cargo. Ele defendeu no entanto o funcionamento da página. Para ele, os sites ortodoxos são espaço apropriados para navegar na internet.

Como toda regra tem exceção, o acesso em locais de trabalho e para fins profissionais foi o único movimento na internet liberado pela liderança religiosa. Desde que não seja para divertimento. Ainda assim, o comunicado informa que a máquina deve estar equipada com filtros especiais para bloquear conteúdos que possam ser impróprios. Para o publicitário ultraortodoxo Igal Revah, é possível criar filtros para obter controle sobre conteúdos na web.

Judeus ortodoxos estão proibidos de usar a internet em Israel

Setembro 24, 2010

sattotal


Decreto assinado por líderes proibe até acesso a sites judeus ultraortodoxos

Uma comissão de rabinos importantes de Israel publicou um anuncio esta semana proibindo uso da internet. O documento não isenta nem mesmo os sites voltados especialmente ao público judeu ortodoxo.

Visto com um dos mais importantes líderes religiosos do braço ultraortodoxo do judaísmo, o rabino Youssef Eliashiv assinou decreto que proibe o uso da internet a seus seguidores. "Mesmo se os sites fossem totalmente limpos de tudo que é proibido, servem de entrada para a internet impura que já derrubou muitas almas em Israel", informa o documento assinado também por mais de 20 rabinos.

O anúncio continua informando que as páginas divulgam impurezas para dezenas de milhares, de maneira totalmente desenfreada. Para a liderança judaica que assina o texto, não se deve olhar para os sites nem colaborar com eles.

O documento gerou estranhamento em meio ao setor ultraortodoxo do judaísmo em Israel. Uma crise já vinha se anunciando entre religiosos há alguns anos. O anúncio causou o fechamento de alguns sites ligados ao setor mais conservador da fé judaica.

A repercussão foi tanta que David Rotenberg, diretor Behadrei Haredim, maior site ultraortodoxo naquele país, pediu demissão do cargo. Ele defendeu no entanto o funcionamento da página. Para ele, os sites ortodoxos são espaço apropriados para navegar na internet.

Como toda regra tem exceção, o acesso em locais de trabalho e para fins profissionais foi o único movimento na internet liberado pela liderança religiosa. Desde que não seja para divertimento. Ainda assim, o comunicado informa que a máquina deve estar equipada com filtros especiais para bloquear conteúdos que possam ser impróprios. Para o publicitário ultraortodoxo Igal Revah, é possível criar filtros para obter controle sobre conteúdos na web.

Golpe na web usa 'desistência' de José Serra à presidência

Setembro 24, 2010

sattotal


Para pegar internautas distraídos, um golpe utiliza as eleições deste ano para espalhar um trojan em computadores. O phising scam com o assunto “Serra desisti da presidência (sic), enviado pelo email eleicoes2010@mail.com , traz um link que finge levar o usuário ao site de notícias G1.

O link leva para a página www.moloney-solicitors.ie/images. Lá, está o arquivo denominado Serra_Video.com.
Se executado, infecta o computador e abre portas no sistema para invasão remota, o que permite o roubo de senhas e dados pessoais.

O autor da traquinagem virtual escondeu o golpe atrás de um IP internacional. O trojan foi desenvolvido no Brasil e não seria detectado por nenhum software de segurança. As empresas costumam levar até seis horas para criar vacinas contra vírus novos.

Golpe na web usa 'desistência' de José Serra à presidência

Setembro 24, 2010

sattotal


Para pegar internautas distraídos, um golpe utiliza as eleições deste ano para espalhar um trojan em computadores. O phising scam com o assunto “Serra desisti da presidência (sic), enviado pelo email eleicoes2010@mail.com , traz um link que finge levar o usuário ao site de notícias G1.

O link leva para a página www.moloney-solicitors.ie/images. Lá, está o arquivo denominado Serra_Video.com.
Se executado, infecta o computador e abre portas no sistema para invasão remota, o que permite o roubo de senhas e dados pessoais.

O autor da traquinagem virtual escondeu o golpe atrás de um IP internacional. O trojan foi desenvolvido no Brasil e não seria detectado por nenhum software de segurança. As empresas costumam levar até seis horas para criar vacinas contra vírus novos.

Jovem australiano assume responsabilidade por pane no Twitter

Setembro 24, 2010

sattotal


O jovem australiano dono do perfil @zzap diz ser o responsável pela pane no Twitter ocorrida ontem. Com 17 anos, o usuário afirmou nesta quarta-feira (22) não ter tido intenção de provocar problemas. Entre os prejudicados pela pane, está o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs.

@zzap, morador de Melbourne, informou ter encontrado uma falha na segurança do microblog. Ela teria sido aproveitada por hackers, o que trouxe problemas ao serviço durante cinco horas na manhã de ontem.

O australiano introduziu um código como texto normal em uma mensagem que acabou desencadeando a abertura de sites com apenas a passagem do mouse sobre o texto, sem mesmo precisar clicar nos tweets.

A falha deu aos hackers a possibilidade de usar o código para redirecionar usuários para páginas pornográficas e para criar mensagens que se reproduziam tão logo eram lidas.

Além do porta-voz da presidência dos EUA, outros famosos sofreram com a pane, como Sarah Brown, esposa do ex-primeiro-ministro britânico Gordon Brown, que tem mais de um milhão de seguidores.

Bob Lord, um dos diretores da equipe de segurança do Twitter, informou que os dados pessoais das contas pessoais não foram afetados. O site pediu desculpas aos usuários pela pane.

Jovem australiano assume responsabilidade por pane no Twitter

Setembro 24, 2010

sattotal


O jovem australiano dono do perfil @zzap diz ser o responsável pela pane no Twitter ocorrida ontem. Com 17 anos, o usuário afirmou nesta quarta-feira (22) não ter tido intenção de provocar problemas. Entre os prejudicados pela pane, está o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs.

@zzap, morador de Melbourne, informou ter encontrado uma falha na segurança do microblog. Ela teria sido aproveitada por hackers, o que trouxe problemas ao serviço durante cinco horas na manhã de ontem.

O australiano introduziu um código como texto normal em uma mensagem que acabou desencadeando a abertura de sites com apenas a passagem do mouse sobre o texto, sem mesmo precisar clicar nos tweets.

A falha deu aos hackers a possibilidade de usar o código para redirecionar usuários para páginas pornográficas e para criar mensagens que se reproduziam tão logo eram lidas.

Além do porta-voz da presidência dos EUA, outros famosos sofreram com a pane, como Sarah Brown, esposa do ex-primeiro-ministro britânico Gordon Brown, que tem mais de um milhão de seguidores.

Bob Lord, um dos diretores da equipe de segurança do Twitter, informou que os dados pessoais das contas pessoais não foram afetados. O site pediu desculpas aos usuários pela pane.

Zune vai entrar no mercado da música e do cinema

Setembro 24, 2010

sattotal


A Microsoft vai reforçar o Zune, serviço próprio de entretenimento digital, com a ampliação da oferta de acesso a conteúdos a partir de todas as suas plataformas: computadores pessoais com Windows - via internet -, televisão – por meio do Xbox Live - e o Windows Phone 7, ainda a ser lançado.

A remodelação do Zune vai oferecer a contratação de uma assinatura mensal de música, o Zune Pass, em torno de US$ 13 para o acesso a conteúdos musicais e cinematográficos via download ou "streaming", que podem ser comprados on-line. O Zune vai atuar também como uma central de gestão de conteúdos do PC.

"A estratégia da Microsoft é potencializar o serviço de entretenimento internacionalmente e através de múltiplas telas, aquelas que são importantes para o consumidor: o PC, a televisão, a web, o Xbox e o Windows Phone", explicou Scott Rowe, responsável internacional de relações públicas do Zune, em entrevista à Agência Efe.

Até o momento, o serviço só permite o acesso a conteúdos cinematográficos por meio de Xbox Live - a plataforma on-line do console Xbox 360.

Segundo Rowe, a Microsoft assinou acordos com as principais majors do mundo (Universal, Sony, EMI e Warner) e também com "milhares" de selos independentes e locais para formar um catálogo musical vasto, hoje com cerca de oito milhões de canções.

Há a possibilidade ainda de comprar ou alugar vídeos musicais e filmes, que vão poder ser descarregados e vistos em "streaming" em distintas telas (televisão, computador, telefone). O software do Zune vai servir também para integrar o Windows Phone 7 com o computador pessoal.

Link citado nesta matéria

ZUNE

Zune vai entrar no mercado da música e do cinema

Setembro 24, 2010

sattotal


A Microsoft vai reforçar o Zune, serviço próprio de entretenimento digital, com a ampliação da oferta de acesso a conteúdos a partir de todas as suas plataformas: computadores pessoais com Windows - via internet -, televisão – por meio do Xbox Live - e o Windows Phone 7, ainda a ser lançado.

A remodelação do Zune vai oferecer a contratação de uma assinatura mensal de música, o Zune Pass, em torno de US$ 13 para o acesso a conteúdos musicais e cinematográficos via download ou "streaming", que podem ser comprados on-line. O Zune vai atuar também como uma central de gestão de conteúdos do PC.

"A estratégia da Microsoft é potencializar o serviço de entretenimento internacionalmente e através de múltiplas telas, aquelas que são importantes para o consumidor: o PC, a televisão, a web, o Xbox e o Windows Phone", explicou Scott Rowe, responsável internacional de relações públicas do Zune, em entrevista à Agência Efe.

Até o momento, o serviço só permite o acesso a conteúdos cinematográficos por meio de Xbox Live - a plataforma on-line do console Xbox 360.

Segundo Rowe, a Microsoft assinou acordos com as principais majors do mundo (Universal, Sony, EMI e Warner) e também com "milhares" de selos independentes e locais para formar um catálogo musical vasto, hoje com cerca de oito milhões de canções.

Há a possibilidade ainda de comprar ou alugar vídeos musicais e filmes, que vão poder ser descarregados e vistos em "streaming" em distintas telas (televisão, computador, telefone). O software do Zune vai servir também para integrar o Windows Phone 7 com o computador pessoal.

Link citado nesta matéria

ZUNE

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub