publicado por sattotal às 22:38 | link do post

publicado por sattotal às 22:38 | link do post
Data: 01/05/2011

Lançador: Proton

Satélite: SES 3

Posição: 103 °W

Banda(s): Banda C e Ku

OBS: O SES-3 é um satélite híbrido que substituirá o AMC 1 e fornecerá ampla cobertura à América do Norte (bandas C e Ku) e Caribe (banda C). Os 24 transponders em banda C transmitirão canais de TV para milhares de headends de TV a cabo enquanto que os 24 transponders em banda Ku serão usados principalmente para redes corporativas e serviços de banda larga.

Segue abaixo imagem artística da localização dos vários satélites que estão na órbita do Brasil e America do Sul..Reparem que todos estão situados em uma linha imaginária próximo a linha do Equador , em linha reta, e "parecem" estar fazendo uma curva parabolica em virtude da curvatura da terra:
Apenas para  localizar onde ficara este satélite no cinturão de Clark

CINTURÃO DE CLARK











publicado por sattotal às 22:23 | link do post
tags:
Data: 01/05/2011

Lançador: Proton

Satélite: SES 3

Posição: 103 °W

Banda(s): Banda C e Ku

OBS: O SES-3 é um satélite híbrido que substituirá o AMC 1 e fornecerá ampla cobertura à América do Norte (bandas C e Ku) e Caribe (banda C). Os 24 transponders em banda C transmitirão canais de TV para milhares de headends de TV a cabo enquanto que os 24 transponders em banda Ku serão usados principalmente para redes corporativas e serviços de banda larga.

Segue abaixo imagem artística da localização dos vários satélites que estão na órbita do Brasil e America do Sul..Reparem que todos estão situados em uma linha imaginária próximo a linha do Equador , em linha reta, e "parecem" estar fazendo uma curva parabolica em virtude da curvatura da terra:
Apenas para  localizar onde ficara este satélite no cinturão de Clark

CINTURÃO DE CLARK











publicado por sattotal às 22:23 | link do post
tags:
O astro dos filmes de ação, Vin Diesel, passou a semana no Brasil. Ele veio ao Rio para o lançamento mundial do filme Velozes e Furiosos 5. Desta vez, a cidade é o cenário das perseguições de tirar o fôlego. Na festa de lançamento, os principais astros do filme estavam presentes: Vin Diesel, Paul Walker, e a quase brasileira Jordana Brewster. Ela nasceu no Panamá e morou no Rio quando criança.



publicado por sattotal às 20:18 | link do post
O astro dos filmes de ação, Vin Diesel, passou a semana no Brasil. Ele veio ao Rio para o lançamento mundial do filme Velozes e Furiosos 5. Desta vez, a cidade é o cenário das perseguições de tirar o fôlego. Na festa de lançamento, os principais astros do filme estavam presentes: Vin Diesel, Paul Walker, e a quase brasileira Jordana Brewster. Ela nasceu no Panamá e morou no Rio quando criança.



publicado por sattotal às 20:18 | link do post
Tombo da diva Lady Gaga, boneco de Luan Santana, namoro de Fernanda Souza com o pagodeiro Thiaguinho, do Exaltasamba e até um momento de lazer do cantor mirim Justin Bieber são os destaques na semana das estrelas.

publicado por sattotal às 20:15 | link do post
Tombo da diva Lady Gaga, boneco de Luan Santana, namoro de Fernanda Souza com o pagodeiro Thiaguinho, do Exaltasamba e até um momento de lazer do cantor mirim Justin Bieber são os destaques na semana das estrelas.

publicado por sattotal às 20:15 | link do post
As gêmeas siamesas Clara e Clarice passaram pela cirurgia de separação, receberam alta e já estão prontas para voltar a Santa Quitéria, no sertão do Ceará.

publicado por sattotal às 20:12 | link do post
As gêmeas siamesas Clara e Clarice passaram pela cirurgia de separação, receberam alta e já estão prontas para voltar a Santa Quitéria, no sertão do Ceará.

publicado por sattotal às 20:12 | link do post
A equipe de reportagem do Domingo Espetacular fez uma viagem fascinante por um Brasil desconhecido. São lugares, pessoas e situações curiosas, engraçadas e surpreendentes do mundo caipira

 
publicado por sattotal às 20:10 | link do post
A equipe de reportagem do Domingo Espetacular fez uma viagem fascinante por um Brasil desconhecido. São lugares, pessoas e situações curiosas, engraçadas e surpreendentes do mundo caipira

 
publicado por sattotal às 20:10 | link do post
Esta semana, a imprensa do mundo todo divulgou que a cantora e a ONG Sucess for Kids, dirigida por ela, estão na mira do FBI, a Polícia Federal Americana. O jornal inglês Daily Mail afirmou que a investigação começou depois que o FBI detectou "certas irregularidades e atividades suspeitas" praticadas pela ONG.

publicado por sattotal às 20:07 | link do post
Esta semana, a imprensa do mundo todo divulgou que a cantora e a ONG Sucess for Kids, dirigida por ela, estão na mira do FBI, a Polícia Federal Americana. O jornal inglês Daily Mail afirmou que a investigação começou depois que o FBI detectou "certas irregularidades e atividades suspeitas" praticadas pela ONG.

publicado por sattotal às 20:07 | link do post
Gustavo Pedro começou a lidar com bois e cavalos quando tinha sete anos. A profissão era eletricista de carros. Mas a carreira que ele queria era outra: peão de rodeio. Ele participava de festas no interior paulista. Queria ser campeão, ganhar fama, dinheiro e melhorar a situação da família. Mas o peão perdeu o equilíbrio e teve a vida interrompida.

publicado por sattotal às 20:00 | link do post
Gustavo Pedro começou a lidar com bois e cavalos quando tinha sete anos. A profissão era eletricista de carros. Mas a carreira que ele queria era outra: peão de rodeio. Ele participava de festas no interior paulista. Queria ser campeão, ganhar fama, dinheiro e melhorar a situação da família. Mas o peão perdeu o equilíbrio e teve a vida interrompida.

publicado por sattotal às 20:00 | link do post
Duas histórias que envolvem paixão e morte atingiram o mundo das celebridades em menos de um mês. Depois da atriz Cibele Dorsa, agora uma jovem modelo brasileira, que seguia carreira em Portugal, também morreu ao cair de um apartamento. Veja os detalhes misteriosos que unem esses dois casos.

publicado por sattotal às 19:50 | link do post
Duas histórias que envolvem paixão e morte atingiram o mundo das celebridades em menos de um mês. Depois da atriz Cibele Dorsa, agora uma jovem modelo brasileira, que seguia carreira em Portugal, também morreu ao cair de um apartamento. Veja os detalhes misteriosos que unem esses dois casos.

publicado por sattotal às 19:50 | link do post
Esse tipo de crime rende milhões aos bandidos e cresce na fronteira do Brasil com o Paraguai. Veja com Marcelo Rezende.

publicado por sattotal às 19:48 | link do post
Esse tipo de crime rende milhões aos bandidos e cresce na fronteira do Brasil com o Paraguai. Veja com Marcelo Rezende.

publicado por sattotal às 19:48 | link do post
publicado por sattotal às 19:46 | link do post
tags:
publicado por sattotal às 19:46 | link do post
tags:
O apresentador Gugu Liberato foi homenageado por seus 30 anos de carreira.

publicado por sattotal às 19:44 | link do post
O apresentador Gugu Liberato foi homenageado por seus 30 anos de carreira.

publicado por sattotal às 19:44 | link do post
Os dois viajantes, Álvaro Garnero e Ramalho já viajaram mais da metade da viagem ao mundo em 80 dias. Neste episódio, Álvaro mostra as curiosidades da China.

publicado por sattotal às 19:42 | link do post
Os dois viajantes, Álvaro Garnero e Ramalho já viajaram mais da metade da viagem ao mundo em 80 dias. Neste episódio, Álvaro mostra as curiosidades da China.

publicado por sattotal às 19:42 | link do post
Autoridade reguladora da internet incluiu o sufixo na lista de domínios de "alto nível"

O domínio de internet “.xxx” pode ser usado desde a última sexta-feira (15) por sites para registrarem endereços na web com conteúdo pornográfico.

Segundo o jornal The Wall Street Journal já existem ao menos três sites registrados com o novo domínio: “xxx.xxx”, “sex.xxx” e “porn.xxx”, mas nenhum deles apresenta ainda algum conteúdo adulto.

A reportagem explica que esse tipo de domínio tem um grande potencial de gerar dinheiro para seus donos ao ser vendido. Um dos endereços mais negociados da web, o “sex.com” foi vendido recentemente por US$ 12 milhões, então é provável que os primeiros sites que conseguiram reservar endereços com o “.xxx” sigam caminho semelhante.

O preço total de registro de um domínio “.xxx” deve ficar em torno de US$ 70 por ano, de acordo com o site Register, o que desagradou os responsáveis por sites pornográficos, que costumam pagar uma taxa anual de US$ 10 para registrar o site com o domínio “.com”. Mesmo assim, a ICANN, órgão internacional regulador de endereços na internet, diz que já recebeu a reserva de 600.000 endereços de sites do tipo “.xxx”, o que lhe garante uma receita de US$ 30 milhões.

A ICANN autorizou definitivamente em março o uso do domínio ".xxx" para sites de conteúdo sexual explícito. O órgão aprovou uma petição para agregar o sufixo .xxx à lista de "domínios genéricos de alto nível", que incluem “.com”, “.net” e “.org”.

Há vários anos a ICANN elaborou um guia para aprovar as solicitações de todos os domínios sugeridos de alto nível.

O processo gerou controvérsia depois das críticas de uma facção do governo, que pediam que se impusesse o veto para evitar a criação de domínios de alto nível como “.gay”, por exemplo, que poderia ser bloqueado em alguns países.

Os críticos afirmavam que se os países pudessem bloquear domínios inteiros, isso poderia levar a uma balcanização da internet.
publicado por sattotal às 19:39 | link do post
tags:
Autoridade reguladora da internet incluiu o sufixo na lista de domínios de "alto nível"

O domínio de internet “.xxx” pode ser usado desde a última sexta-feira (15) por sites para registrarem endereços na web com conteúdo pornográfico.

Segundo o jornal The Wall Street Journal já existem ao menos três sites registrados com o novo domínio: “xxx.xxx”, “sex.xxx” e “porn.xxx”, mas nenhum deles apresenta ainda algum conteúdo adulto.

A reportagem explica que esse tipo de domínio tem um grande potencial de gerar dinheiro para seus donos ao ser vendido. Um dos endereços mais negociados da web, o “sex.com” foi vendido recentemente por US$ 12 milhões, então é provável que os primeiros sites que conseguiram reservar endereços com o “.xxx” sigam caminho semelhante.

O preço total de registro de um domínio “.xxx” deve ficar em torno de US$ 70 por ano, de acordo com o site Register, o que desagradou os responsáveis por sites pornográficos, que costumam pagar uma taxa anual de US$ 10 para registrar o site com o domínio “.com”. Mesmo assim, a ICANN, órgão internacional regulador de endereços na internet, diz que já recebeu a reserva de 600.000 endereços de sites do tipo “.xxx”, o que lhe garante uma receita de US$ 30 milhões.

A ICANN autorizou definitivamente em março o uso do domínio ".xxx" para sites de conteúdo sexual explícito. O órgão aprovou uma petição para agregar o sufixo .xxx à lista de "domínios genéricos de alto nível", que incluem “.com”, “.net” e “.org”.

Há vários anos a ICANN elaborou um guia para aprovar as solicitações de todos os domínios sugeridos de alto nível.

O processo gerou controvérsia depois das críticas de uma facção do governo, que pediam que se impusesse o veto para evitar a criação de domínios de alto nível como “.gay”, por exemplo, que poderia ser bloqueado em alguns países.

Os críticos afirmavam que se os países pudessem bloquear domínios inteiros, isso poderia levar a uma balcanização da internet.
publicado por sattotal às 19:39 | link do post
tags:
Ação foi limitada aos computadores dos EUA.
Rede zumbi estaria em operação por mais de 10 anos.

A justiça norte-americana concedeu ao FBI uma autorização para atuar diretamente nos computadores das vítimas de uma rede zumbi conhecida como Coreflood. A autorização permite à polícia criar um novo servidor de Comando e Controle (C&C) que irá enviar aos sistemas infectados uma ordem para desativar a praga, efetivamente impedindo sua operação, pelo menos até reiniciar o PC.

Esta é apenas a segunda ação do gênero no mundo. A primeira ocorreu na Holanda, quando a polícia colocou nos PCs das vítimas uma página informando que o computador estava infectado. Na ocasião, a ação, que foi contra a rede zumbi conhecida como Bredolab, gerou polêmica – especialistas questionavam a autoridade do Estado para agir diretamente sobre os sistemas das vítimas, sem o consentimento das mesmas.

O mesmo tipo de questionamento está se fazendo agora. Mas a decisão que permite ao FBI enviar os comandos aos vírus também limita a operação aos computadores cuja localização “pode ser razoavelmente determinada como sendo os Estados Unidos”. Isso significa que nada vai mudar para os brasileiros infectados, por exemplo.

“O caso e a ordem são muito interessantes porque demonstram limitações de jurisdição”, comenta o advogado especializado em direito digital Marcel Leonardi. “Do ponto de vista prático, seria muito bom se mundialmente fosse possível alcançar todos os computadores e desativar a praga, mas isso, de fato, poderia ser visto como algo excessivo por não obedecer à soberania dos outros países”, explica.

Leonardi afirma que uma ação semelhante seria possível no Brasil, desde que também seja limitada aos computadores em território nacional. No Brasil, no entanto, os vírus mais comuns são ladrões de senha e a maioria carece de um centro de controle que pudesse ser usado para essas ações.

Para o pesquisador de segurança Ronaldo Castro de Vasconcellos, a ação é bem-vinda. “Ter uma máquina infectada deixou de ser uma questão meramente de desempenho ou de dados perdidos. Deixando de lado analogias bobas com ciberguerra, de alguns anos para cá, uma máquina infectada ganhou capacidade ofensiva, como juntar-se a um ataque distribuído (DDoS) com motivações comerciais ou ideológicas, por exemplo”, afirma Vasconcellos.

Para o pesquisador, desde que a polícia tenha obtido uma ordem judicial para realizar a tarefa e que o comando enviado às máquinas infectadas se limite ao proposto – desativar o vírus – não há problema.


Trecho destacado da autorização judicial que limita ação à computadores nosEstados Unidos
(Foto: Reprodução)
 
Há quem questione, porém, argumentando a existência de fatores imprevisíveis que podem fazer com que a desativação do vírus seja nociva ao computador. No entanto, a maioria dos bots que formam as redes zumbis – que permitem ao criminoso controlar todas as máquinas – tem, sim, uma função de autodestruição ou semelhante que muitas vezes não causa danos ao computador e é completamente funcional. Há, porém, funções de autodestruição que servem como “queima de arquivo”, eliminando todos os dados possíveis do disco rígido.

O Coreflood, no entanto, não parece ter essas características. Acredita-se que, em seus 10 anos de operação, o vírus e seus derivados tenham infectado mais de dois milhões de computadores, a maioria deles nos Estados Unidos, e realizado fraudes cujos valores somam US$ 100 milhões.

Polêmica e jurisdição
Em um ataque de negação de serviço,computadores zumbis sobrecarregamserviços legítimos (Foto: Arte/G1)

O caso destaca as limitações do atual sistema judiciário em lidar com problemas cada vez mais globais de forma local, embora também sirva como história de sucesso para novas operações no futuro.

As ações de redes zumbis são globais – um computador infectado no Brasil pode ser usado para um ataque a qualquer outro país do mundo, ou servir como escudo para o verdadeiro criminoso, complicando a realização de investigações – que precisam percorrer diferentes legislações.

No entanto, é pouco provável que isso mude em breve – a internet não parece ter criado nos países a consciência da cooperação, mas sim elevado discussões sobre soberania e o medo de que leis consideradas absurdas em outros países possam vir a valer mundialmente caso essa cooperação seja realizada, ao ponto que mesmo as ações mais bem intencionadas precisam ter seu alcance limitado.

* Altieres Rohr é especialista em segurança de computadores e, nesta coluna, vai responder dúvidas, explicar conceitos e dar dicas e esclarecimentos sobre antivírus, firewalls, crimes virtuais, proteção de dados e outros. Ele criou e edita o Linha Defensiva, site e fórum de segurança que oferece um serviço gratuito de remoção de pragas digitais, entre outras atividades. Na coluna “Segurança digital”, o especialista também vai tirar dúvidas deixadas pelos leitores na seção de comentários. Acompanhe também o Twitter da coluna, na página http://twitter.com/g1seguranca.

Fonte . G1
publicado por sattotal às 19:30 | link do post
Ação foi limitada aos computadores dos EUA.
Rede zumbi estaria em operação por mais de 10 anos.

A justiça norte-americana concedeu ao FBI uma autorização para atuar diretamente nos computadores das vítimas de uma rede zumbi conhecida como Coreflood. A autorização permite à polícia criar um novo servidor de Comando e Controle (C&C) que irá enviar aos sistemas infectados uma ordem para desativar a praga, efetivamente impedindo sua operação, pelo menos até reiniciar o PC.

Esta é apenas a segunda ação do gênero no mundo. A primeira ocorreu na Holanda, quando a polícia colocou nos PCs das vítimas uma página informando que o computador estava infectado. Na ocasião, a ação, que foi contra a rede zumbi conhecida como Bredolab, gerou polêmica – especialistas questionavam a autoridade do Estado para agir diretamente sobre os sistemas das vítimas, sem o consentimento das mesmas.

O mesmo tipo de questionamento está se fazendo agora. Mas a decisão que permite ao FBI enviar os comandos aos vírus também limita a operação aos computadores cuja localização “pode ser razoavelmente determinada como sendo os Estados Unidos”. Isso significa que nada vai mudar para os brasileiros infectados, por exemplo.

“O caso e a ordem são muito interessantes porque demonstram limitações de jurisdição”, comenta o advogado especializado em direito digital Marcel Leonardi. “Do ponto de vista prático, seria muito bom se mundialmente fosse possível alcançar todos os computadores e desativar a praga, mas isso, de fato, poderia ser visto como algo excessivo por não obedecer à soberania dos outros países”, explica.

Leonardi afirma que uma ação semelhante seria possível no Brasil, desde que também seja limitada aos computadores em território nacional. No Brasil, no entanto, os vírus mais comuns são ladrões de senha e a maioria carece de um centro de controle que pudesse ser usado para essas ações.

Para o pesquisador de segurança Ronaldo Castro de Vasconcellos, a ação é bem-vinda. “Ter uma máquina infectada deixou de ser uma questão meramente de desempenho ou de dados perdidos. Deixando de lado analogias bobas com ciberguerra, de alguns anos para cá, uma máquina infectada ganhou capacidade ofensiva, como juntar-se a um ataque distribuído (DDoS) com motivações comerciais ou ideológicas, por exemplo”, afirma Vasconcellos.

Para o pesquisador, desde que a polícia tenha obtido uma ordem judicial para realizar a tarefa e que o comando enviado às máquinas infectadas se limite ao proposto – desativar o vírus – não há problema.


Trecho destacado da autorização judicial que limita ação à computadores nosEstados Unidos
(Foto: Reprodução)
 
Há quem questione, porém, argumentando a existência de fatores imprevisíveis que podem fazer com que a desativação do vírus seja nociva ao computador. No entanto, a maioria dos bots que formam as redes zumbis – que permitem ao criminoso controlar todas as máquinas – tem, sim, uma função de autodestruição ou semelhante que muitas vezes não causa danos ao computador e é completamente funcional. Há, porém, funções de autodestruição que servem como “queima de arquivo”, eliminando todos os dados possíveis do disco rígido.

O Coreflood, no entanto, não parece ter essas características. Acredita-se que, em seus 10 anos de operação, o vírus e seus derivados tenham infectado mais de dois milhões de computadores, a maioria deles nos Estados Unidos, e realizado fraudes cujos valores somam US$ 100 milhões.

Polêmica e jurisdição
Em um ataque de negação de serviço,computadores zumbis sobrecarregamserviços legítimos (Foto: Arte/G1)

O caso destaca as limitações do atual sistema judiciário em lidar com problemas cada vez mais globais de forma local, embora também sirva como história de sucesso para novas operações no futuro.

As ações de redes zumbis são globais – um computador infectado no Brasil pode ser usado para um ataque a qualquer outro país do mundo, ou servir como escudo para o verdadeiro criminoso, complicando a realização de investigações – que precisam percorrer diferentes legislações.

No entanto, é pouco provável que isso mude em breve – a internet não parece ter criado nos países a consciência da cooperação, mas sim elevado discussões sobre soberania e o medo de que leis consideradas absurdas em outros países possam vir a valer mundialmente caso essa cooperação seja realizada, ao ponto que mesmo as ações mais bem intencionadas precisam ter seu alcance limitado.

* Altieres Rohr é especialista em segurança de computadores e, nesta coluna, vai responder dúvidas, explicar conceitos e dar dicas e esclarecimentos sobre antivírus, firewalls, crimes virtuais, proteção de dados e outros. Ele criou e edita o Linha Defensiva, site e fórum de segurança que oferece um serviço gratuito de remoção de pragas digitais, entre outras atividades. Na coluna “Segurança digital”, o especialista também vai tirar dúvidas deixadas pelos leitores na seção de comentários. Acompanhe também o Twitter da coluna, na página http://twitter.com/g1seguranca.

Fonte . G1
publicado por sattotal às 19:30 | link do post
Três empresas são processadas de enganar bancos e órgãos reguladores.
Onze pessoas foram acusadas por violar leis norte-americanas.

Os donos de três das maiores companhias de pôquer on-line que operam nos Estados Unidos foram acusadas nesta sexta-feira (15) de enganar órgãos reguladores e bancos para que eles processassem bilhões de dólares de dinheiro procedente de apostas ilegais realizadas na internet.

Onze pessoas, incluindo os donos da "Full Tilt Poker", da "Absolute Poker" e da "PokerStars" foram acusados de violar leis norte-americanas contra jogos de azar na internet, de acordo com processos de procuradores federais em Manhattan.


Site do Full Tilt Poler e Absolute Poket foram fechados e exibem a mesma mensagem de interdição
(Foto: Reprodução)

As acusações são parte de uma repressão aos jogos de azar na internet nos EUA, onde eles são ilegais desde 2006.

Em março, a Wynn Resorts afirmou ter firmado uma parceria com a "PokerStars", e disse que elas trabalhariam para a aprovação de legislações nos EUA que definiriam os jogos de azar na internet como práticas ilegais.

Fonte;- G1


publicado por sattotal às 19:16 | link do post
tags:
Três empresas são processadas de enganar bancos e órgãos reguladores.
Onze pessoas foram acusadas por violar leis norte-americanas.

Os donos de três das maiores companhias de pôquer on-line que operam nos Estados Unidos foram acusadas nesta sexta-feira (15) de enganar órgãos reguladores e bancos para que eles processassem bilhões de dólares de dinheiro procedente de apostas ilegais realizadas na internet.

Onze pessoas, incluindo os donos da "Full Tilt Poker", da "Absolute Poker" e da "PokerStars" foram acusados de violar leis norte-americanas contra jogos de azar na internet, de acordo com processos de procuradores federais em Manhattan.


Site do Full Tilt Poler e Absolute Poket foram fechados e exibem a mesma mensagem de interdição
(Foto: Reprodução)

As acusações são parte de uma repressão aos jogos de azar na internet nos EUA, onde eles são ilegais desde 2006.

Em março, a Wynn Resorts afirmou ter firmado uma parceria com a "PokerStars", e disse que elas trabalhariam para a aprovação de legislações nos EUA que definiriam os jogos de azar na internet como práticas ilegais.

Fonte;- G1


publicado por sattotal às 19:16 | link do post
tags:
publicado por sattotal às 00:02 | link do post
tags:
publicado por sattotal às 00:02 | link do post
tags:
Depois de lançar calendário comemorando o centenário do Santos, as jogadoras do time paulista encaram a passarela vestindo somente um biquíni.

publicado por sattotal às 00:00 | link do post
tags:
Depois de lançar calendário comemorando o centenário do Santos, as jogadoras do time paulista encaram a passarela vestindo somente um biquíni.

publicado por sattotal às 00:00 | link do post
tags:
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
comentários recentes
MUSA, DIVA, SEREIA LINDA E DELICIOSA QUE AMAREI ET...
Sereia linda e deliciosa Ana Hickmann, te amo
Deusa linda que amo demais Ana Hickmann
Te amarei enternamente Ana Hickmann
Diva, musa, sereia linda Ana Hickmann, te amo dema...
Está fixe :-)
Faltou indicar os créditos desse artigo. A fonte o...
Excelente artigo, gostei da abordagem. Visite o me...
Em que decodificador?
Porque está emissora só tem programa de merda não ...
subscrever feeds
SAPO Blogs