Sorteio número: 51 ( 30 - 8 - 2011 )
Sorteio número: 411 a nível Europeu
Prémio previsto: 97.000.000,00 Euros

Chave

2, 8, 10, 19, 46
Estrelas
5 - 9

publicado por sattotal às 21:34 | link do post
 
Sorteio número: 51 ( 30 - 8 - 2011 )
Sorteio número: 411 a nível Europeu
Prémio previsto: 97.000.000,00 Euros

Chave

2, 8, 10, 19, 46
Estrelas
5 - 9

publicado por sattotal às 21:34 | link do post
Google desafia os cibernautas a fazer maquetes a três dimensões das suas próprias cidades

 A ferramenta,
href=http://sketchup.google.com/yourworldin3d/index.html target=_blank>Your World in 3D (O seu mundo em 3D) permite-lhe usar blocos virtuais, semelhantes às peças de lego com que brincava na infância, em cima do mapa real da cidade, para criar a maquete.

O utilizador pode assim escolher um edifício, fazer o modelo através de fotografias, e enviá-lo à Google, que revê o projecto, para garantir que está de acordo com a realidade, antes de o colocar online.

Se quer ver um exemplo do resultado final, espreite o uso que a Google fez desta ferramenta na cidade italiana de Áquila, devastada por um terramoto.
publicado por sattotal às 20:34 | link do post
tags:
Google desafia os cibernautas a fazer maquetes a três dimensões das suas próprias cidades

 A ferramenta,
href=http://sketchup.google.com/yourworldin3d/index.html target=_blank>Your World in 3D (O seu mundo em 3D) permite-lhe usar blocos virtuais, semelhantes às peças de lego com que brincava na infância, em cima do mapa real da cidade, para criar a maquete.

O utilizador pode assim escolher um edifício, fazer o modelo através de fotografias, e enviá-lo à Google, que revê o projecto, para garantir que está de acordo com a realidade, antes de o colocar online.

Se quer ver um exemplo do resultado final, espreite o uso que a Google fez desta ferramenta na cidade italiana de Áquila, devastada por um terramoto.
publicado por sattotal às 20:34 | link do post
tags:
O Ministério da Justiça de Israel deu autorização ao Google Street View, para cartografar as ruas, apesar das críticas relacionadas à privacidade e aos riscos de segurança que pode trazer ao país, avança a agência «France Press».

A Google esteve meses à espera da autorização, mas as autoridades israelitas temiam que as imagens dos prédios em 3D fossem utilizadas para atentados. A Autoridade Israelita de Direito, Informação e Tecnologia (ILITA), organismo que regula a protecção de dados, autorizou agora o Street View a recolher imagens panorâmicas das ruas de Israel.

A ILITA exigiu que os carros do Google, que possuem câmaras especiais para fotografar, sejam claramente identificados e que seus trajectos sejam anunciados com antecedência.

As imagens panorâmicas serão enviadas para os Estados Unidos onde os rostos e as placas serão distorcidos para respeitar a privacidade.

Lançado em maio de 2007, o Google Street View fornece imagens panorâmicas em 3D de áreas urbanas e permite que os utilizadores façam um passeio virtual, o que gerou uma série de polémicas em muitos países.
publicado por sattotal às 20:30 | link do post
tags:
O Ministério da Justiça de Israel deu autorização ao Google Street View, para cartografar as ruas, apesar das críticas relacionadas à privacidade e aos riscos de segurança que pode trazer ao país, avança a agência «France Press».

A Google esteve meses à espera da autorização, mas as autoridades israelitas temiam que as imagens dos prédios em 3D fossem utilizadas para atentados. A Autoridade Israelita de Direito, Informação e Tecnologia (ILITA), organismo que regula a protecção de dados, autorizou agora o Street View a recolher imagens panorâmicas das ruas de Israel.

A ILITA exigiu que os carros do Google, que possuem câmaras especiais para fotografar, sejam claramente identificados e que seus trajectos sejam anunciados com antecedência.

As imagens panorâmicas serão enviadas para os Estados Unidos onde os rostos e as placas serão distorcidos para respeitar a privacidade.

Lançado em maio de 2007, o Google Street View fornece imagens panorâmicas em 3D de áreas urbanas e permite que os utilizadores façam um passeio virtual, o que gerou uma série de polémicas em muitos países.
publicado por sattotal às 20:30 | link do post
tags:

O cineasta canadiano Rob Spence, que perdeu um olho num acidente quando era criança, colocou uma prótese com uma câmara de filmar wireless para gravar um documentário.

Através do seu projecto chamado EyeBorg, Rob Spence conseguiu patrocínios de centros académicos de pesquisa em tecnologia e de empresas que desenvolvem equipamentos microscópicos para desenvolver a prótese. O dipositivo não está ligado ao cérebro de Rob Spence, por isso, não lhe restituiu a visão, mas a câmara capta exactamente o que Rob Spence vê com o outro olho e envia os dados através de um dispositivo wi-fi incorporado, tudo isto num aparelho do tamanho de um olho normal.


publicado por sattotal às 20:26 | link do post

O cineasta canadiano Rob Spence, que perdeu um olho num acidente quando era criança, colocou uma prótese com uma câmara de filmar wireless para gravar um documentário.

Através do seu projecto chamado EyeBorg, Rob Spence conseguiu patrocínios de centros académicos de pesquisa em tecnologia e de empresas que desenvolvem equipamentos microscópicos para desenvolver a prótese. O dipositivo não está ligado ao cérebro de Rob Spence, por isso, não lhe restituiu a visão, mas a câmara capta exactamente o que Rob Spence vê com o outro olho e envia os dados através de um dispositivo wi-fi incorporado, tudo isto num aparelho do tamanho de um olho normal.


publicado por sattotal às 20:26 | link do post
O Facebook criou um programa de recompensas para quem ajudar a encontrar bugs de segurança e proteger esta rede social contra ataques. Só nos primeiros 21 dias do programa, a rede social já gastou cerca de 28 mil euros em recompensas, noticia a BBC.

Um investigador de segurança recebeu mais de quatro mil euros, tendo ajudado a descobrir seis erros graves do Facebook.

Joe Sullivan, funcionário chefe de segurança do Facebook, revelou num post, no seu blog, que o programa tinha tornado o Facebook mais seguro, mas tentou também sossegar os utilizadores da rede social, garantindo que a empresa tinha equipas preparadas para fazer frente a ataques e bugs.

Graham Cluley, consultor de tecnologia sénior da «Sophos», revelou que o Facebook diz que tem «mais de um milhão de investigadores na plataforma Facebook», e que, por isso, «é surpreendente que o serviço esteja repleto de aplicações desonestas e fraudes virais».
publicado por sattotal às 20:22 | link do post
tags:
O Facebook criou um programa de recompensas para quem ajudar a encontrar bugs de segurança e proteger esta rede social contra ataques. Só nos primeiros 21 dias do programa, a rede social já gastou cerca de 28 mil euros em recompensas, noticia a BBC.

Um investigador de segurança recebeu mais de quatro mil euros, tendo ajudado a descobrir seis erros graves do Facebook.

Joe Sullivan, funcionário chefe de segurança do Facebook, revelou num post, no seu blog, que o programa tinha tornado o Facebook mais seguro, mas tentou também sossegar os utilizadores da rede social, garantindo que a empresa tinha equipas preparadas para fazer frente a ataques e bugs.

Graham Cluley, consultor de tecnologia sénior da «Sophos», revelou que o Facebook diz que tem «mais de um milhão de investigadores na plataforma Facebook», e que, por isso, «é surpreendente que o serviço esteja repleto de aplicações desonestas e fraudes virais».
publicado por sattotal às 20:22 | link do post
tags:
Ikea: telenovela pirata filmada «à socapa» é êxito na NetChama-se «Ikea Heights», ou «Alto do Ikea», e passa-se numa loja da famosa marca sueca onde os clientes servem de figurante e o cenário já está montado. É uma série norte-americana que está a fazer furor nas redes sociais da Internet, escreve a Lusa.

Filmada com humor, descaramento e manha suficiente para enganar os funcionários da famosa loja de móveis, que nunca deram autorização à equipa nem para tirar fotografias, quanto mais para fazer uma telenovela em sete episódios.

A história do «Ikea Heights» tem tanta profundidade quanto uma estante «Billy»: um protagonista que vive no departamento de mobília de quarto, cheio de frustrações sexuais, tem um irmão amnésico e uma mulher que o trai constantemente. Há um crime no departamento de têxteis para o lar, investigado por um detective com esquadra montada na secção de mobiliário de escritório. Há um tesouro. O suficiente para atrair uma corrente de visitantes a www.ikeaheights.com

Parte da popularidade da série vem do facto de ter sido filmada durante a hora de ponta, com pormenores impagáveis, como a cara dos clientes da loja, em Burbank, Califórnia, quando ouvem o protagonista gritar à mulher, deitada com um amante numa cama em exposição: «Candice, meu amor, minha traidora!».

A série saiu da imaginação de Paul Bartunek, Delbert Shoopman, Spencer Strauss e Tom Kauffman, para além de David Seger, o realizador e criador, todos com cerca de 25 anos e amigos da faculdade, que filmaram e produziram a série entre o Verão de 2009 e o início de 2010.

«Tivemos de ter algum criatividade para poder filmar a coisa. Uns apareciam para filmar a cena e outros que nos estavam a ajudar tinham que distrair os empregados do Ikea, perguntar-lhes onde é que ficavam as lâmpadas, por exemplo, e retirá-los completamente da secção onde queríamos filmar», disse David Seger à agência Lusa.

«Andamos sempre à procura de locais malucos. Uma vez, estávamos a fazer compras no Ikea e reparámos que os expositores pareciam mini-cenários de telenovelas. Começámos a pensar como seria engraçado filmar ali e falámos disso por muitos anos até termos decidido fazer o primeiro episódio».

Depois, foi só aproveitar a evolução tecnológica. Equipar os actores com microfones sem fios e aproveitar as máquinas fotográficas com modo de vídeo de alta definição, para fingir que tudo não passava de inocentes fotografias.

«Quando filmávamos o segundo episódio, um empregado veio perguntar o que estávamos a fazer. Nós dissemos que estávamos a tirar uma foto, e ele nunca soube», lembra o realizador.

No entanto, a equipa acabou por ser expulsa da loja no terceiro episódio e no quinto episódio, voltando sempre para mais. Segundo Seger, nunca lhes ocorreu pedir licença.
publicado por sattotal às 20:11 | link do post
tags:
Ikea: telenovela pirata filmada «à socapa» é êxito na NetChama-se «Ikea Heights», ou «Alto do Ikea», e passa-se numa loja da famosa marca sueca onde os clientes servem de figurante e o cenário já está montado. É uma série norte-americana que está a fazer furor nas redes sociais da Internet, escreve a Lusa.

Filmada com humor, descaramento e manha suficiente para enganar os funcionários da famosa loja de móveis, que nunca deram autorização à equipa nem para tirar fotografias, quanto mais para fazer uma telenovela em sete episódios.

A história do «Ikea Heights» tem tanta profundidade quanto uma estante «Billy»: um protagonista que vive no departamento de mobília de quarto, cheio de frustrações sexuais, tem um irmão amnésico e uma mulher que o trai constantemente. Há um crime no departamento de têxteis para o lar, investigado por um detective com esquadra montada na secção de mobiliário de escritório. Há um tesouro. O suficiente para atrair uma corrente de visitantes a www.ikeaheights.com

Parte da popularidade da série vem do facto de ter sido filmada durante a hora de ponta, com pormenores impagáveis, como a cara dos clientes da loja, em Burbank, Califórnia, quando ouvem o protagonista gritar à mulher, deitada com um amante numa cama em exposição: «Candice, meu amor, minha traidora!».

A série saiu da imaginação de Paul Bartunek, Delbert Shoopman, Spencer Strauss e Tom Kauffman, para além de David Seger, o realizador e criador, todos com cerca de 25 anos e amigos da faculdade, que filmaram e produziram a série entre o Verão de 2009 e o início de 2010.

«Tivemos de ter algum criatividade para poder filmar a coisa. Uns apareciam para filmar a cena e outros que nos estavam a ajudar tinham que distrair os empregados do Ikea, perguntar-lhes onde é que ficavam as lâmpadas, por exemplo, e retirá-los completamente da secção onde queríamos filmar», disse David Seger à agência Lusa.

«Andamos sempre à procura de locais malucos. Uma vez, estávamos a fazer compras no Ikea e reparámos que os expositores pareciam mini-cenários de telenovelas. Começámos a pensar como seria engraçado filmar ali e falámos disso por muitos anos até termos decidido fazer o primeiro episódio».

Depois, foi só aproveitar a evolução tecnológica. Equipar os actores com microfones sem fios e aproveitar as máquinas fotográficas com modo de vídeo de alta definição, para fingir que tudo não passava de inocentes fotografias.

«Quando filmávamos o segundo episódio, um empregado veio perguntar o que estávamos a fazer. Nós dissemos que estávamos a tirar uma foto, e ele nunca soube», lembra o realizador.

No entanto, a equipa acabou por ser expulsa da loja no terceiro episódio e no quinto episódio, voltando sempre para mais. Segundo Seger, nunca lhes ocorreu pedir licença.
publicado por sattotal às 20:11 | link do post
tags:

O atleta driblou o goleiro e ao chutar para o gol na grande área, chutou para fora. Assista ao vídeo!

publicado por sattotal às 19:54 | link do post
tags:

O atleta driblou o goleiro e ao chutar para o gol na grande área, chutou para fora. Assista ao vídeo!

publicado por sattotal às 19:54 | link do post
tags:
O homem usa as praias do Rio de Janeiro como inspiração e com sua obra de arte impressionou o presidente Barack Obama. Das diversas pinturas que ele fez para receber o presidente, sobrou apenas uma. Após a visita de Obama, o trabalho do artista foi mais valorizado e hoje ele tem muitos pedidos internacionais. Conheça!

publicado por sattotal às 19:51 | link do post
tags:
O homem usa as praias do Rio de Janeiro como inspiração e com sua obra de arte impressionou o presidente Barack Obama. Das diversas pinturas que ele fez para receber o presidente, sobrou apenas uma. Após a visita de Obama, o trabalho do artista foi mais valorizado e hoje ele tem muitos pedidos internacionais. Conheça!

publicado por sattotal às 19:51 | link do post
tags:
A polícia funciona como uma espécie de central de informações e age em operações especiais contra o contrabando e tráfico internacional de drogas, além de prender bandidos considerados perigosos. Mais de um terço dos foragidos que estão na lista da Interpol são brasileiros. Os criminosos são procurados dentro e fora do Brasil.

publicado por sattotal às 19:46 | link do post
A polícia funciona como uma espécie de central de informações e age em operações especiais contra o contrabando e tráfico internacional de drogas, além de prender bandidos considerados perigosos. Mais de um terço dos foragidos que estão na lista da Interpol são brasileiros. Os criminosos são procurados dentro e fora do Brasil.

publicado por sattotal às 19:46 | link do post
Assista à integra deste domingo (28) e dê muita risada!


publicado por sattotal às 07:44 | link do post
Assista à integra deste domingo (28) e dê muita risada!


publicado por sattotal às 07:44 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
31
comentários recentes
MUSA, DIVA, SEREIA LINDA E DELICIOSA QUE AMAREI ET...
ANA HICKMANN A SEREIA MAIS LINDA E DELICIOSA DO MU...
MUSA, DIVA, SEREIA LINDA E DELICIOSA QUE AMAREI ET...
Sereia linda e deliciosa Ana Hickmann, te amo
Deusa linda que amo demais Ana Hickmann
Te amarei enternamente Ana Hickmann
Diva, musa, sereia linda Ana Hickmann, te amo dema...
Está fixe :-)
Faltou indicar os créditos desse artigo. A fonte o...
Excelente artigo, gostei da abordagem. Visite o me...
subscrever feeds
SAPO Blogs