Sorteio número:
12 (10-02-2012 )

Sorteio número:
458 a nível Europeu

Prémio previsto:
15.000.000,00 Euros

Chave:
3, 8, 14, 31, 41

Estrelas
7 e 11

JACKPOT - € 21.000.000,00
publicado por sattotal às 21:23 | link do post
Sorteio número:
12 (10-02-2012 )

Sorteio número:
458 a nível Europeu

Prémio previsto:
15.000.000,00 Euros

Chave:
3, 8, 14, 31, 41

Estrelas
7 e 11

JACKPOT - € 21.000.000,00
publicado por sattotal às 21:23 | link do post














publicado por sattotal às 21:00 | link do post














publicado por sattotal às 21:00 | link do post
A cookie designer Bia Canato ensina a decorar bolachas que podem ser presenteadas ou vendidas em variadas datas comemorativas. Aprenda!

publicado por sattotal às 20:08 | link do post
A cookie designer Bia Canato ensina a decorar bolachas que podem ser presenteadas ou vendidas em variadas datas comemorativas. Aprenda!

publicado por sattotal às 20:08 | link do post
O programa volta ao vivo neste sábado (11).

A nova temporada do Legendários estreia cheia de novidades, várias mudanças e quadros inéditos.

publicado por sattotal às 20:00 | link do post
O programa volta ao vivo neste sábado (11).

A nova temporada do Legendários estreia cheia de novidades, várias mudanças e quadros inéditos.

publicado por sattotal às 20:00 | link do post
Ana Maria elogia serviço voluntário para atender crianças e jovens no Rio


Player HTML Opcional
publicado por sattotal às 19:42 | link do post
Ana Maria elogia serviço voluntário para atender crianças e jovens no Rio


Player HTML Opcional
publicado por sattotal às 19:42 | link do post
A Bitdefender, provedor de soluções de segurança para a Internet, alertou hoje para a proliferação de falsos vídeos de comportamentos heróicos no Facebook, cujo intuito é entrar na conta dos utilizadores.

Em comunicado, a empresa adianta que esta "nova fraude no Facebook" atua através de vídeos de comportamentos heróicos, como a história de um polícia que morreu para ajudar um cidadão.

Quando os utilizadores tentam ver estes falsos vídeos, que são acompanhados de mensagens como "precisamos mais gente como esta" ou "isto é um herói", é-lhes pedido que instalem um complemento para o seu 'browser' ou uma atualização para o Youtube.

Em ambos os casos, adianta a Bitdefender, "o que na realidade estão a instalar é um código malicioso que dará acesso aos ciberdeliquentes à conta do Facebook do utilizador".

Até à data, mais de 49 mil utilizadores da rede social Facebook foram afetados por esta fraude, segundo o provedor.

"Os ciberdelinquentes utilizam os próprios meios virais usados pelo Facebook para distribuir as suas criações. Se um utilizador vê que muitos dos seus amigos partilharam um 'link', entenderá que é interessante e clicará no mesmo, caindo assim também na fraude", explica Catalin Cosoi, chefe do departamento de segurança da Bitdefender, citada no comunicado.
publicado por sattotal às 19:29 | link do post
A Bitdefender, provedor de soluções de segurança para a Internet, alertou hoje para a proliferação de falsos vídeos de comportamentos heróicos no Facebook, cujo intuito é entrar na conta dos utilizadores.

Em comunicado, a empresa adianta que esta "nova fraude no Facebook" atua através de vídeos de comportamentos heróicos, como a história de um polícia que morreu para ajudar um cidadão.

Quando os utilizadores tentam ver estes falsos vídeos, que são acompanhados de mensagens como "precisamos mais gente como esta" ou "isto é um herói", é-lhes pedido que instalem um complemento para o seu 'browser' ou uma atualização para o Youtube.

Em ambos os casos, adianta a Bitdefender, "o que na realidade estão a instalar é um código malicioso que dará acesso aos ciberdeliquentes à conta do Facebook do utilizador".

Até à data, mais de 49 mil utilizadores da rede social Facebook foram afetados por esta fraude, segundo o provedor.

"Os ciberdelinquentes utilizam os próprios meios virais usados pelo Facebook para distribuir as suas criações. Se um utilizador vê que muitos dos seus amigos partilharam um 'link', entenderá que é interessante e clicará no mesmo, caindo assim também na fraude", explica Catalin Cosoi, chefe do departamento de segurança da Bitdefender, citada no comunicado.
publicado por sattotal às 19:29 | link do post
As autoridades da Nova Zelândia confiscaram, esta quinta-feira, uma mansão nos arredores de Auckland do fundador do portal Megaupload, Kim Schmitz, que está detido e poderá ser extraditado para os EUA por alegada pirataria informática e crime organizado.

O Ministério de Desenvolvimento Económico da Nova Zelândia explicou que esta medida, que responde a uma ordem emitida na semana passada do Alto Tribunal de Auckland, permitirá inspeccionar e avaliar a propriedade.

Umas semanas antes da sua detenção, Schmitz, conhecido como Kim «Dotcom», comprou esta mansão nos arredores de Auckland por cerca de 3,3 milhões de dólares (2,5 milhões de euros), de acordo com a Rádio Nova Zelândia.

Entretanto, o responsável de programação do portal Megaupload, o holandês Bram van der Kolk, foi colocado em liberdade condicional na Nova Zelândia enquanto aguarda a decisão sobre a sua eventual extradição para os EUA.

Van der Kolk, de 29 anos, acionista do Megaupload, é requerido pela justiça norte-americana por alegada pirataria informática, crime organizado e branqueamento de capitais, a par do fundador do portal, Kim Schmitz, e outros cinco executivos da empresa.

O holandês abandonou a sede do tribunal do distrito de North Shore, nos arredores de Auckland, acompanhado da mulher depois de lhe ter sido concedida a liberdade condicional com a condição de que não acederá à Internet nem contactará pessoas alegadamente envolvidas no caso que se encontrem fora da Nova Zelândia, informaram os órgãos de comunicação locais.
publicado por sattotal às 19:23 | link do post
As autoridades da Nova Zelândia confiscaram, esta quinta-feira, uma mansão nos arredores de Auckland do fundador do portal Megaupload, Kim Schmitz, que está detido e poderá ser extraditado para os EUA por alegada pirataria informática e crime organizado.

O Ministério de Desenvolvimento Económico da Nova Zelândia explicou que esta medida, que responde a uma ordem emitida na semana passada do Alto Tribunal de Auckland, permitirá inspeccionar e avaliar a propriedade.

Umas semanas antes da sua detenção, Schmitz, conhecido como Kim «Dotcom», comprou esta mansão nos arredores de Auckland por cerca de 3,3 milhões de dólares (2,5 milhões de euros), de acordo com a Rádio Nova Zelândia.

Entretanto, o responsável de programação do portal Megaupload, o holandês Bram van der Kolk, foi colocado em liberdade condicional na Nova Zelândia enquanto aguarda a decisão sobre a sua eventual extradição para os EUA.

Van der Kolk, de 29 anos, acionista do Megaupload, é requerido pela justiça norte-americana por alegada pirataria informática, crime organizado e branqueamento de capitais, a par do fundador do portal, Kim Schmitz, e outros cinco executivos da empresa.

O holandês abandonou a sede do tribunal do distrito de North Shore, nos arredores de Auckland, acompanhado da mulher depois de lhe ter sido concedida a liberdade condicional com a condição de que não acederá à Internet nem contactará pessoas alegadamente envolvidas no caso que se encontrem fora da Nova Zelândia, informaram os órgãos de comunicação locais.
publicado por sattotal às 19:23 | link do post

A Volkswagen apresentou o novo «Carocha», um modelo «mais crescido» do que o seu antecessor, que conta com um novo design e nova tecnologia, e que é muito mais potente, sendo capaz de ultrapassar os 220 quilómetros por hora.

O director de design responsável pelo novo Beetle, caracterizou o modelo como «um automóvel com um visual desportivo linear, firme e dominante», que «não se limita a ter um perfil mais baixo; é também mais largo, o capot é mais longo, o pára-brisas é mais recuado e possui um ângulo mais recortado».

Desta forma, os responsáveis da Volkswagen pretendem chamar a atenção do público masculino, visto que, desde 1998, a maior parte dos compradores do Beetle foram mulheres.

Se por fora o novo design pode fazer esquecer, por breves instantes, que estamos perante um carro que já se tornou um clássico, no interior encontramos aquilo que parece ser um Beetle saído directamente dos anos 70, com a diferença de que este já tem ar condicionado integrado.

Com uma versão a gasolina e outra a diesel, a Volkswagen anuncia para o Beetle consumos na ordem dos 4,5 litros aos 100 quilómetros.

Nos últimos 74 anos a fabricante alemã já produziu 21,5 milhoes de «Carochas», sempre com sucessivas transformações que deram origem ao icónico carro de 1974, o 1303 S.


publicado por sattotal às 19:13 | link do post

A Volkswagen apresentou o novo «Carocha», um modelo «mais crescido» do que o seu antecessor, que conta com um novo design e nova tecnologia, e que é muito mais potente, sendo capaz de ultrapassar os 220 quilómetros por hora.

O director de design responsável pelo novo Beetle, caracterizou o modelo como «um automóvel com um visual desportivo linear, firme e dominante», que «não se limita a ter um perfil mais baixo; é também mais largo, o capot é mais longo, o pára-brisas é mais recuado e possui um ângulo mais recortado».

Desta forma, os responsáveis da Volkswagen pretendem chamar a atenção do público masculino, visto que, desde 1998, a maior parte dos compradores do Beetle foram mulheres.

Se por fora o novo design pode fazer esquecer, por breves instantes, que estamos perante um carro que já se tornou um clássico, no interior encontramos aquilo que parece ser um Beetle saído directamente dos anos 70, com a diferença de que este já tem ar condicionado integrado.

Com uma versão a gasolina e outra a diesel, a Volkswagen anuncia para o Beetle consumos na ordem dos 4,5 litros aos 100 quilómetros.

Nos últimos 74 anos a fabricante alemã já produziu 21,5 milhoes de «Carochas», sempre com sucessivas transformações que deram origem ao icónico carro de 1974, o 1303 S.


publicado por sattotal às 19:13 | link do post

A Volkswagen vai iniciar o ano com um um ataque ao mercado dos pequenos citadinos, dominado há vários anos pelo Smart, ao qual vieram, mais tarde, juntar-se outros concorrentes como o Fiat 500, o Chevrolet Spark ou o Citroën C1.

Fabricado em Bratislava, Eslováquia, o novo citadino Volkswagen Up! promete fazer concorrência feroz num segmento onde o apelo ao design, funcionalidade e facilidade de condução são cada vez maiores.

No ano passado, este mercado valeu 10.078 carros - cerca de 120 milhões de euros -, menos 30,5 por cento do que em 2010, segundo dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

O Volkwagen Up! entra agora neste mercado com a vantagem de ser um modelo novo, assim como o Kia Picanto, embora a marca coreana esteja mais em directa concorrência com o «irmão» da Skoda, o Citigo, que será lançado depois do primeiro trimestre.

O grupo Volkswagen está a lançar a sua grande ofensiva, não só com o Up!, mas também com o Seat Mii e o Skoda Citigo, introduzindo-se na extensa lista de marcas que tem uma oferta de entrada aliciante em termos de preço.

Segundo a Lusa, os responsáveis da Volkswagen esperam que, durante este ano, o Up! entre directamente para o ranking dos dez mais vendidos do mercado português, não só porque o modelo está desenhado para agradar a um segmento jovem e urbano, mas porque permite à marca ter uma oferta de preço competitivo, começando nos 10.774 euros e acabando nos 14.447 euros.
Há três anos, a marca alemã apresentou o Up! como concept-car no Salão Automóvel de Frankfurt e cedo se percebeu que a ideia da Volskwagen era substituir o anterior modelo Fox, que nunca teve grande sucesso na Europa, por um carro mais equipado, com melhores performances e divertido de conduzir.

O Up! concede um amplo espaço para quatro pessoas em 3,54 metros de comprimento, estreando uma nova geração de motorizações a gasolina de 3 cilindros com potências de 60 cavalos e 75 cavalos.

Até ao momento, o Volkswagen Up! é o único carro deste segmento equipado com uma função de emergência da travagem em cidade.

publicado por sattotal às 19:09 | link do post

A Volkswagen vai iniciar o ano com um um ataque ao mercado dos pequenos citadinos, dominado há vários anos pelo Smart, ao qual vieram, mais tarde, juntar-se outros concorrentes como o Fiat 500, o Chevrolet Spark ou o Citroën C1.

Fabricado em Bratislava, Eslováquia, o novo citadino Volkswagen Up! promete fazer concorrência feroz num segmento onde o apelo ao design, funcionalidade e facilidade de condução são cada vez maiores.

No ano passado, este mercado valeu 10.078 carros - cerca de 120 milhões de euros -, menos 30,5 por cento do que em 2010, segundo dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

O Volkwagen Up! entra agora neste mercado com a vantagem de ser um modelo novo, assim como o Kia Picanto, embora a marca coreana esteja mais em directa concorrência com o «irmão» da Skoda, o Citigo, que será lançado depois do primeiro trimestre.

O grupo Volkswagen está a lançar a sua grande ofensiva, não só com o Up!, mas também com o Seat Mii e o Skoda Citigo, introduzindo-se na extensa lista de marcas que tem uma oferta de entrada aliciante em termos de preço.

Segundo a Lusa, os responsáveis da Volkswagen esperam que, durante este ano, o Up! entre directamente para o ranking dos dez mais vendidos do mercado português, não só porque o modelo está desenhado para agradar a um segmento jovem e urbano, mas porque permite à marca ter uma oferta de preço competitivo, começando nos 10.774 euros e acabando nos 14.447 euros.
Há três anos, a marca alemã apresentou o Up! como concept-car no Salão Automóvel de Frankfurt e cedo se percebeu que a ideia da Volskwagen era substituir o anterior modelo Fox, que nunca teve grande sucesso na Europa, por um carro mais equipado, com melhores performances e divertido de conduzir.

O Up! concede um amplo espaço para quatro pessoas em 3,54 metros de comprimento, estreando uma nova geração de motorizações a gasolina de 3 cilindros com potências de 60 cavalos e 75 cavalos.

Até ao momento, o Volkswagen Up! é o único carro deste segmento equipado com uma função de emergência da travagem em cidade.

publicado por sattotal às 19:09 | link do post

Imagem: EPA/KOCA SULEJMANOVIC

O Danúbio congelado ao longo de centenas de quilómetros, milhares de pessoas isoladas pela neve e um novo registro de 590 mortes. O frio polar persiste na Europa e pode piorar este fim de semana.

O tráfego fluvial no Danúbio foi interrompido devido ao gelo que se estende por centenas de quilómetros na Áustria, Hungria, Croácia, Sérvia e Bulgária, paralisando as atividades na principal via comercial navegável da Europa.

Nos 588 km do rio na Sérvia, os blocos de gelo cobrem 100% da superfície com uma espessura de até 50 cm. As autoridades estimam que a navegação só poderá ser retomada dentro de dez dias.

Em todo o continente, particularmente no leste, o frio continua a fazer vítimas mortais. Esta manhã foi confirmado um novo saldo de 590 mortos.

Na Ucrânia, onde as temperaturas podem chegar aos 30 graus negativos no final desta semana, as autoridades suspenderam novos registos diários sem explicação. Mas, até terça-feira, quando foi divulgado o último número de vítimas oficial, esse era o país da Europa mais afetado, com 135 mortes (112 mortes causadas diretamente pelo frio).

Já na Polónia, o frio fez mais cinco novas vítimas, elevando para 82 o total de mortos desde o início da onda de frio, sem contar com as pessoas mortas sufocadas com monóxido de carbono ou em incêndios causados por sistemas de aquecimento defeituosos.

Na Rússia, onze pessoas morreram desde o início do mês em Moscovo em incêndios provocados pela utilização de aquecedores com defeito. Em todo o país, o frio fez 6 vítimas mortais desde o início de fevereiro
.
O frio matou mais 24 pessoas na Lituânia, dez na Letónia, onde o número de incêndios bateu um nível recorde, e uma na Estónia.

Na República Checa, foram 25 as pessoas mortas pelo frio. Para este fim de semana são esperadas temperaturas geladas de 40 graus negativos nas montanhas e -25° em Praga.

Na Bulgária, onde o frio deixou 30 mortos em 10 dias e todas as escolas continuam fechadas, o governo anunciou que vai interromper a exportação de eletricidade pois precisa de toda a sua capacidade para abastecer o próprio país. A Bulgária é um dos principais exportadores nos Balcãs, exportando para Grécia, Sérvia, Macedónia e Turquia.

Milhares de pessoas estão isoladas por causa da neve em cidades, geralmente sem eletricidade, na Sérvia, Croácia, Bósnia, Macedónia, Montenegro e Albânia. Foram necessárias operações com helicópteros na Bósnia e na Macedónia para abastecer com alimentos e medicamentos os moradores isolados e para transportar pessoas doentes para os hospitais.

Em França, a morte por hipotermia de pelo menos três idosos, entre eles um homem de 83 anos que deixou o carro bloqueado pela neve para tentar chegar em casa a pé, e a de dois moradores de rua em Paris, elevam para 12 o número de mortos.

Em Itália, como previsto, a neve voltou esta sexta-feira, moderada, mas provocando desespero, depois de uma tempestade de neve e temperaturas polares que fizeram pelo menos 45 mortos em dez dias. Na capital são esperados 30 cm de neve. As autoridades prepararam-se e distribuíram 4 mil pás, posicionaram 600 camiões limpa-neve nas principais estradas e mil toneladas de sal. No entanto, as pessoas continuam traumatizadas pela desorganização e o caos de sexta-feira e sábado passados, e armazenaram provisões para o fim de semana.

Ainda assim havia quem esperasse, ansiosamente, por uma vaga de frio assim. Em Hamburgo, na Alemanha, pela primeira vez em cinco anos, o maior festival de patinagem acontecerá este fim de semana no Aussenalster, lago fora da cidade que está coberto com mais de 20 cm de gelo. As autoridades da cidade, que espera um milhão de visitantes, deram sinal verde, após verificarem que a camada de gelo é suficientemente sólida.

Este artigo foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico.
publicado por sattotal às 18:50 | link do post

Imagem: EPA/KOCA SULEJMANOVIC

O Danúbio congelado ao longo de centenas de quilómetros, milhares de pessoas isoladas pela neve e um novo registro de 590 mortes. O frio polar persiste na Europa e pode piorar este fim de semana.

O tráfego fluvial no Danúbio foi interrompido devido ao gelo que se estende por centenas de quilómetros na Áustria, Hungria, Croácia, Sérvia e Bulgária, paralisando as atividades na principal via comercial navegável da Europa.

Nos 588 km do rio na Sérvia, os blocos de gelo cobrem 100% da superfície com uma espessura de até 50 cm. As autoridades estimam que a navegação só poderá ser retomada dentro de dez dias.

Em todo o continente, particularmente no leste, o frio continua a fazer vítimas mortais. Esta manhã foi confirmado um novo saldo de 590 mortos.

Na Ucrânia, onde as temperaturas podem chegar aos 30 graus negativos no final desta semana, as autoridades suspenderam novos registos diários sem explicação. Mas, até terça-feira, quando foi divulgado o último número de vítimas oficial, esse era o país da Europa mais afetado, com 135 mortes (112 mortes causadas diretamente pelo frio).

Já na Polónia, o frio fez mais cinco novas vítimas, elevando para 82 o total de mortos desde o início da onda de frio, sem contar com as pessoas mortas sufocadas com monóxido de carbono ou em incêndios causados por sistemas de aquecimento defeituosos.

Na Rússia, onze pessoas morreram desde o início do mês em Moscovo em incêndios provocados pela utilização de aquecedores com defeito. Em todo o país, o frio fez 6 vítimas mortais desde o início de fevereiro
.
O frio matou mais 24 pessoas na Lituânia, dez na Letónia, onde o número de incêndios bateu um nível recorde, e uma na Estónia.

Na República Checa, foram 25 as pessoas mortas pelo frio. Para este fim de semana são esperadas temperaturas geladas de 40 graus negativos nas montanhas e -25° em Praga.

Na Bulgária, onde o frio deixou 30 mortos em 10 dias e todas as escolas continuam fechadas, o governo anunciou que vai interromper a exportação de eletricidade pois precisa de toda a sua capacidade para abastecer o próprio país. A Bulgária é um dos principais exportadores nos Balcãs, exportando para Grécia, Sérvia, Macedónia e Turquia.

Milhares de pessoas estão isoladas por causa da neve em cidades, geralmente sem eletricidade, na Sérvia, Croácia, Bósnia, Macedónia, Montenegro e Albânia. Foram necessárias operações com helicópteros na Bósnia e na Macedónia para abastecer com alimentos e medicamentos os moradores isolados e para transportar pessoas doentes para os hospitais.

Em França, a morte por hipotermia de pelo menos três idosos, entre eles um homem de 83 anos que deixou o carro bloqueado pela neve para tentar chegar em casa a pé, e a de dois moradores de rua em Paris, elevam para 12 o número de mortos.

Em Itália, como previsto, a neve voltou esta sexta-feira, moderada, mas provocando desespero, depois de uma tempestade de neve e temperaturas polares que fizeram pelo menos 45 mortos em dez dias. Na capital são esperados 30 cm de neve. As autoridades prepararam-se e distribuíram 4 mil pás, posicionaram 600 camiões limpa-neve nas principais estradas e mil toneladas de sal. No entanto, as pessoas continuam traumatizadas pela desorganização e o caos de sexta-feira e sábado passados, e armazenaram provisões para o fim de semana.

Ainda assim havia quem esperasse, ansiosamente, por uma vaga de frio assim. Em Hamburgo, na Alemanha, pela primeira vez em cinco anos, o maior festival de patinagem acontecerá este fim de semana no Aussenalster, lago fora da cidade que está coberto com mais de 20 cm de gelo. As autoridades da cidade, que espera um milhão de visitantes, deram sinal verde, após verificarem que a camada de gelo é suficientemente sólida.

Este artigo foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico.
publicado por sattotal às 18:50 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
29
comentários recentes
MUSA, DIVA, SEREIA LINDA E DELICIOSA QUE AMAREI ET...
ANA HICKMANN A SEREIA MAIS LINDA E DELICIOSA DO MU...
MUSA, DIVA, SEREIA LINDA E DELICIOSA QUE AMAREI ET...
Sereia linda e deliciosa Ana Hickmann, te amo
Deusa linda que amo demais Ana Hickmann
Te amarei enternamente Ana Hickmann
Diva, musa, sereia linda Ana Hickmann, te amo dema...
Está fixe :-)
Faltou indicar os créditos desse artigo. A fonte o...
Excelente artigo, gostei da abordagem. Visite o me...
subscrever feeds
SAPO Blogs