Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

LIVE TV

LIVE TV

ESPANHA: 60 DETIDOS POR PIRATEAR SINAIS DE TV

Agosto 05, 2009

sattotal


Na operação policial também foram presos pela primeira vez na Europa dois administradores de um fórum da internet.


A Policia espanhola deteve 60 pessoas, entre elas vários directores de hotéis e presidentes de juntas de freguesia em diversas províncias, por piratear o sinal de canais digitais de televisão paga, com o que poderão ter defraudado vários milhões de euros.

Na operação também foram presos pela primeira vez na Europa dois administradores de um fórum web, a partir do qual se realizavam uploading" (subida de conteúdos de maneira fraudulenta), principalmente de jogos de futebol, segundo informa a «Dirección General de la Policía» e a «Guardia Civil».

Estes dois detidos encarregavam-se de oferecer através da Internet o sinal de televisão de uma plataforma digital por assinatura e outra árabe, para redistribui-los posteriormente “via streaming” ou radiodifusão através de portais web americanos.
Também foram presos vários administradores empresariais, comerciantes, presidentes de juntas de freguesia e proprietários, assim como directores de hotéis, na maioria em zonas turísticas de Andaluzia e Canárias.

Graças ao dispositivo policial foi desmantelado em Sevilha um centro emissor clandestino, situado no interior de uma casota instalada num terraço de um edifício, que "teledistribuía" ilicitamente a 1.274 vivendas conteúdos emitidos por dois canais pagos.

Para o efeito utilizavam uma rede de cabo distribuída pelos terraços e fachadas de diversos imóveis do bairro onde operava o centro emissor, cujos responsáveis eram dois comerciantes da zona, que se encarregavam de receber uma quota mensal, porta a porta, aos vizinhos q quem era facilitado o referido serviço.

Foram ainda descobertas varias redes de cabo a funcionar em Tenerife, Málaga, Cádis, Córdoba e Granada, que distribuíam determinados canais e conteúdos aos seus assinantes, sem terem as necessárias autorizações.

Uma destas redes, cujo centro emissor se encontrava na zona sul de Tenerife, emitia de maneira fraudulenta para mais de 3.000 usuários, aos que cobrava uma elevada quota mensal, conteúdos de diversos canais pagos estrangeiros. Também foram localizadas varias comunidades e estabelecimentos hoteleiros que utilizavam diversos métodos para "teledistribuir" em todas as vivendas e estancias ou habitações no caso dos hotéis, a emissão das plataformas de televisão por assinatura.

Para levar a cabo a fraude, os detidos contavam com a conveniência de terceiros residentes no Reino Unido que lhes facultava a documentação necessária para os contratos falsos que forneciam aos usuários que captavam em território nacional. Uma vez angariado o cliente, formalizavam um contrato com a referida plataforma falseando um serie de dados.

Durante a operação foram apreendidos dezenas de milhares de contratos fraudulentos, além das correspondentes facturas, que comprovam a actividade ilícita, e onde se constata que a fraude ascende a vários milhões de euros.

A Policia apreendeu ainda 851 descodificadores, 1.321 cartões smart-card, 92 unidades entre moduladores, amplificadores, ordenadores e telefones.

Na investigação participaram as brigadas de Policia Judicial de Almería, Granada, Córdoba, Sevilha, Las Palmas de Gran Canaria, Soria, Cantábria, Pontevedra, Barcelona, Madrid, Málaga, Saragoça, San Lúcar de Barrameda (Cádiz), Playa de las Américas (Tenerife), Marbella e Ronda (Málaga) e El Ejido (Almería), assim como o Grupo de Delitos contra a Propiedade Intelectual e Industrial da «UDEV Central».

Também contou com a colaboração da Entidade de Gestão dos «Derechos de los Productores Audiovisuales», vários canais digitais por assinatura e diversos técnicos da área de telecomunicações de audiovisual.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub