A Justiça abriu uma ação criminal contra Edir Macedo e mais nove integrantes da Igreja Universal do Reino de Deus, a pedido do Ministério Público, com a acusação de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha.

Segundo a Folha de S.Paulo, a denúncia foi encaminhada ontem (10) para a Justiça. A investigação mostrou que o volume financeiro da igreja de março de 2001 até março de 2008 foi de R$ 8 bilhões, contabilizando transferências atípicas e depósitos feitos por pessoas ligadas à Universal. As informações são do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Fazenda.


Entre 2003 e 2008, a movimentação suspeita da igreja chegou a R$ 4 bilhões e podem ter servido para compra de agências de turismo, emissoras de TV e rádio, financeiras e jatinhos. De acordo com a Receita Federal, a Universal arrecada R$ 1,4 bilhão por ano em dízimos.

Os recursos da igreja, transportados em jatinhos, foram depositados em contas definidas pelos bispos, especialmente no Banco do Brasil e no Banco Rural, segundo o Ministério Público de São Paulo. As duas empresas que seriam fachadas, Unimetro Empreendimentos S/A e Cremo Empreendimentos S/A, recebiam os depósitos.

A Unimetro recebeu em duas contas no Banco do Brasil e no Banco Rural, entre janeiro de 2004 e dezembro de 2005, R$ 19,2 milhões. A maioria da movimentação foi feita por transferências eletrônicas. No mesmo período, o Cremo recebeu em três contas no Banco do Brasil, Banco Rural e Banco Safra, R$ 52,1 milhões em créditos.

Os recursos eram remetidos, pelas duas empresas, às companhias Investholding Limited e Cableinvest Limited, localizadas nas ilhas Cayman e ilhas do Canal, em paraísos fiscais. Depois, o montante voltava ao Brasil como contratos de empréstimos a laranjas, e segundo a denúncia, eram utilizados para justificar a aquisição empresa e imóveis ligados à Universal.

A Investholding remeteu, em 1992, US$ 6 milhões para o Brasil. Entre 1992 e 1994, a Cableinvest trocou US$ 11,96 milhões por moeda nacional. A denúncia sustenta que todo esse dinheiro tenha como origem os dízimos

Arthur Lavigne, advogado dos dez líderes da Universal, afirmou, à Folha, que as empresas indicadas na denúncia como fachada para movimentar o dinheiro do dízimo foram fiscalizadas pela Receita e suas contas foram aprovadas.

Fonte: Adnews
publicado por sattotal às 19:59 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
comentários recentes
MUSA, DIVA, SEREIA LINDA E DELICIOSA QUE AMAREI ET...
ANA HICKMANN A SEREIA MAIS LINDA E DELICIOSA DO MU...
MUSA, DIVA, SEREIA LINDA E DELICIOSA QUE AMAREI ET...
Sereia linda e deliciosa Ana Hickmann, te amo
Deusa linda que amo demais Ana Hickmann
Te amarei enternamente Ana Hickmann
Diva, musa, sereia linda Ana Hickmann, te amo dema...
Está fixe :-)
Faltou indicar os créditos desse artigo. A fonte o...
Excelente artigo, gostei da abordagem. Visite o me...
SAPO Blogs