Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LIVE TV

LIVE TV

Utilizadores do Xbox Live estão a ser enganados por esquema fraudulento

Novembro 22, 2011

sattotal


Um grupo de burlões virtuais está a invadir as contas do serviço online da consola Xbox, através de mensagens em nome da Microsoft. O caso foi detetado em pelo menos 35 países e já lesou milhares de pessoas.


A notícia é avançada hoje pelo jornal britânico The Sun, que explica o modo de atuação dos piratas: os burlões enviam mensagens em nome da Microsoft a oferecer pontos gratuitos para o Xbox Live, mas, para recebê-los, o utilizador precisa de se registar com os seus dados pessoais e bancários.
Em média, os utilizadores prejudicados pela fraude foram burlados em 100 libras (116 euros), mas há casos de pessoas que perderam mais de 250 euros.


Os responsáveis do Xbox Live já estão a tentar perceber a origem do problema. A Microsoft comentou o sucedido e prometeu trabalhar em conjunto com as vítimas da fraude, mas negou que os serviços da consola estivessem a ser alvo de um hacker ou grupo de hackers.


A companhia declarou que a segurança é um dos aspetos mais importantes da sua rede.
"A segurança do Xbox Live é o mais importante. Estamos a trabalhar em conjunto com os membros afetados que se puseram em contacto connosco para investigarmos e resolvermos os acessos não autorizados às suas contas," informou fonte da companhia, citada pelo site VG247.


“Os utilizadores devem ser muito cuidadosos e manter toda a sua informação pessoal segura e nunca fornecer e-mails, palavras-passe ou informação bancária a estranhos”, acrescentou a Microsoft.

Utilizadores do Xbox Live estão a ser enganados por esquema fraudulento

Novembro 22, 2011

sattotal


Um grupo de burlões virtuais está a invadir as contas do serviço online da consola Xbox, através de mensagens em nome da Microsoft. O caso foi detetado em pelo menos 35 países e já lesou milhares de pessoas.


A notícia é avançada hoje pelo jornal britânico The Sun, que explica o modo de atuação dos piratas: os burlões enviam mensagens em nome da Microsoft a oferecer pontos gratuitos para o Xbox Live, mas, para recebê-los, o utilizador precisa de se registar com os seus dados pessoais e bancários.
Em média, os utilizadores prejudicados pela fraude foram burlados em 100 libras (116 euros), mas há casos de pessoas que perderam mais de 250 euros.


Os responsáveis do Xbox Live já estão a tentar perceber a origem do problema. A Microsoft comentou o sucedido e prometeu trabalhar em conjunto com as vítimas da fraude, mas negou que os serviços da consola estivessem a ser alvo de um hacker ou grupo de hackers.


A companhia declarou que a segurança é um dos aspetos mais importantes da sua rede.
"A segurança do Xbox Live é o mais importante. Estamos a trabalhar em conjunto com os membros afetados que se puseram em contacto connosco para investigarmos e resolvermos os acessos não autorizados às suas contas," informou fonte da companhia, citada pelo site VG247.


“Os utilizadores devem ser muito cuidadosos e manter toda a sua informação pessoal segura e nunca fornecer e-mails, palavras-passe ou informação bancária a estranhos”, acrescentou a Microsoft.

Portugueses lançam videojogo para dispositivos Apple

Setembro 17, 2011

sattotal


Dois alunos da Universidade do Minho, em Braga, lançaram um videojogo para as plataformas iPad, iPhone e iPod da Apple. «Magic Defenders» está a ser usado como imagem de marca da empresa e foi premiado mal chegou ao mercado.

Em comunicado, a Universidade do Minho indicou que o programador Manuel Costa, mestrando em Engenharia Informática, e o criativo Ricardo Graça, licenciado em Arquitectura, pretendem em breve formar uma produtora de jogos.

Depois de ter consultado vários estudos de mercado, a dupla concluiu que a área está com forte expansão, representando milhares de milhões de dólares.

«Esperamos ter alguma rentabilidade com este primeiro jogo para lançar a produtora de jogos Clueless Ideas, incluindo depois mais pessoas e tendo um âmbito cada vez mais internacional».

Os autores de «Magic Defenders» começaram a planear o projecto da produtora de aplicações de entretenimento para dispositivos móveis, quando frequentavam o «IdeaLab», o laboratório de ideias de negócio da «TecMinho-UMinho».

«Temos uma paixão por videojogos e a criação destes para plataformas móveis está agora aberta a todos. Por isso, quisemos arriscar com um projecto próprio. O nosso primeiro jogo foi feito em três meses intensos», explicou Manuel Costa.

No jogo, o herói defende a sua aldeia de várias invasões de «orcs», com os seus poderes mágicos. «Magic Defenders» tornou-se um sucesso pela sua narrativa fantasista do género «castle defense», pelo aspecto «cartoonesco» das personagens e pela jogabilidade simples.

O jogo pode ser adquirido online por 1,6 euros e foi concebido usando o software de desenvolvimento «Corona SDK».
A empresa deste software, «AnscaMobile», distinguiu «Magic Defenders» logo na estreia como «aplicação da Semana» e está a utilizar o jogo para a sua própria promoção, entre milhares de títulos.

«Este é um exemplo de como ter uma boa ideia e fazer um jogo de qualidade», realçou a empresa

Portugueses lançam videojogo para dispositivos Apple

Setembro 17, 2011

sattotal


Dois alunos da Universidade do Minho, em Braga, lançaram um videojogo para as plataformas iPad, iPhone e iPod da Apple. «Magic Defenders» está a ser usado como imagem de marca da empresa e foi premiado mal chegou ao mercado.

Em comunicado, a Universidade do Minho indicou que o programador Manuel Costa, mestrando em Engenharia Informática, e o criativo Ricardo Graça, licenciado em Arquitectura, pretendem em breve formar uma produtora de jogos.

Depois de ter consultado vários estudos de mercado, a dupla concluiu que a área está com forte expansão, representando milhares de milhões de dólares.

«Esperamos ter alguma rentabilidade com este primeiro jogo para lançar a produtora de jogos Clueless Ideas, incluindo depois mais pessoas e tendo um âmbito cada vez mais internacional».

Os autores de «Magic Defenders» começaram a planear o projecto da produtora de aplicações de entretenimento para dispositivos móveis, quando frequentavam o «IdeaLab», o laboratório de ideias de negócio da «TecMinho-UMinho».

«Temos uma paixão por videojogos e a criação destes para plataformas móveis está agora aberta a todos. Por isso, quisemos arriscar com um projecto próprio. O nosso primeiro jogo foi feito em três meses intensos», explicou Manuel Costa.

No jogo, o herói defende a sua aldeia de várias invasões de «orcs», com os seus poderes mágicos. «Magic Defenders» tornou-se um sucesso pela sua narrativa fantasista do género «castle defense», pelo aspecto «cartoonesco» das personagens e pela jogabilidade simples.

O jogo pode ser adquirido online por 1,6 euros e foi concebido usando o software de desenvolvimento «Corona SDK».
A empresa deste software, «AnscaMobile», distinguiu «Magic Defenders» logo na estreia como «aplicação da Semana» e está a utilizar o jogo para a sua própria promoção, entre milhares de títulos.

«Este é um exemplo de como ter uma boa ideia e fazer um jogo de qualidade», realçou a empresa

Nova esquema de pirataria de games

Agosto 13, 2011

sattotal

Uma caixinha negra de 12,5 x 7,5 x 1 cm vendida por R$ 200 carrega R$ 25 mil em jogos ilegais. Trata-se de um HD (disco rígido, na sigla em inglês) externo, facilmente encontrado nas lojas da região da Santa Ifigênia, tradicional reduto de venda de material eletrônico da região central de São Paulo.

Nova esquema de pirataria de games

Agosto 13, 2011

sattotal

Uma caixinha negra de 12,5 x 7,5 x 1 cm vendida por R$ 200 carrega R$ 25 mil em jogos ilegais. Trata-se de um HD (disco rígido, na sigla em inglês) externo, facilmente encontrado nas lojas da região da Santa Ifigênia, tradicional reduto de venda de material eletrônico da região central de São Paulo.

Criança descobre falha em jogos móveis para Android e iOs

Agosto 10, 2011

sattotal

Imagem - Google
«Hacker» tem apenas 10 anos e para além de descobrir falha, mostrou atalhos para a evitar

Uma menina de 10 anos encontrou falhas nos jogos para dispositivos móveis com sistema Android e iOS, avança o «El País».

Aborrecida com os jogos de quintas que a obrigavam a esperar pelo crescimento do que plantava, CyFi ( o seu pseudónimo online) pensou em alterar o tempo de espera e adiantar o relógio do telemóvel ou tablet. Se bem pensou, bem o fez.

A conferência anual de segurança «DefCon», que terminou no passado domingo em Las Vegas, teve pela primeira vez uma secção dedicada aos mais pequenos, a «DefCon Kids». E foi nesta conferência que CyFi revelou a sua proeza.

Apesar de não terem sido divulgados os jogos que Cyfi conseguiu «alterar», ficou registada a «falha de segurança» detectada por esta menina de apenas 10 anos de idade. Até porque Cyfi conseguiu também contornar os sistemas de prevenção e encontrou atalhos para os evitar.

Criança descobre falha em jogos móveis para Android e iOs

Agosto 10, 2011

sattotal

Imagem - Google
«Hacker» tem apenas 10 anos e para além de descobrir falha, mostrou atalhos para a evitar

Uma menina de 10 anos encontrou falhas nos jogos para dispositivos móveis com sistema Android e iOS, avança o «El País».

Aborrecida com os jogos de quintas que a obrigavam a esperar pelo crescimento do que plantava, CyFi ( o seu pseudónimo online) pensou em alterar o tempo de espera e adiantar o relógio do telemóvel ou tablet. Se bem pensou, bem o fez.

A conferência anual de segurança «DefCon», que terminou no passado domingo em Las Vegas, teve pela primeira vez uma secção dedicada aos mais pequenos, a «DefCon Kids». E foi nesta conferência que CyFi revelou a sua proeza.

Apesar de não terem sido divulgados os jogos que Cyfi conseguiu «alterar», ficou registada a «falha de segurança» detectada por esta menina de apenas 10 anos de idade. Até porque Cyfi conseguiu também contornar os sistemas de prevenção e encontrou atalhos para os evitar.

Jogos que inspiraram Breivik retirados das lojas

Agosto 07, 2011

sattotal

Uma cadeia de lojas decidiu retirar do mercado norueguês os jogos que inspiraram Anders Breivik a matar 77 pessoas no passado dia 22 de Julho.

«World of Wacraft», «Call of Duty: Black Ops», «Call of Duty 4: Modern Warfare», «Call of Duty: World at War», «Counter-Strike Source», «Sniper: Ghost Warrior» e «Homefront» são alguns dos jogos que estarão temporariamente fora das lojas norueguesas, informou a cadeia Coop Norway.

No manifesto que publicou online, Breivik admitiu que se inspirou em videojogos violentos para treinar a pontaria.

A Coop Norway decidiu retirar estes jogos das prateleiras «em consideração com todos os afectados».

Jogos que inspiraram Breivik retirados das lojas

Agosto 07, 2011

sattotal

Uma cadeia de lojas decidiu retirar do mercado norueguês os jogos que inspiraram Anders Breivik a matar 77 pessoas no passado dia 22 de Julho.

«World of Wacraft», «Call of Duty: Black Ops», «Call of Duty 4: Modern Warfare», «Call of Duty: World at War», «Counter-Strike Source», «Sniper: Ghost Warrior» e «Homefront» são alguns dos jogos que estarão temporariamente fora das lojas norueguesas, informou a cadeia Coop Norway.

No manifesto que publicou online, Breivik admitiu que se inspirou em videojogos violentos para treinar a pontaria.

A Coop Norway decidiu retirar estes jogos das prateleiras «em consideração com todos os afectados».

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub