Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LIVE TV

LIVE TV

Novo «Carocha»: velocidade não lhe falta

Fevereiro 10, 2012

sattotal


A Volkswagen apresentou o novo «Carocha», um modelo «mais crescido» do que o seu antecessor, que conta com um novo design e nova tecnologia, e que é muito mais potente, sendo capaz de ultrapassar os 220 quilómetros por hora.

O director de design responsável pelo novo Beetle, caracterizou o modelo como «um automóvel com um visual desportivo linear, firme e dominante», que «não se limita a ter um perfil mais baixo; é também mais largo, o capot é mais longo, o pára-brisas é mais recuado e possui um ângulo mais recortado».

Desta forma, os responsáveis da Volkswagen pretendem chamar a atenção do público masculino, visto que, desde 1998, a maior parte dos compradores do Beetle foram mulheres.

Se por fora o novo design pode fazer esquecer, por breves instantes, que estamos perante um carro que já se tornou um clássico, no interior encontramos aquilo que parece ser um Beetle saído directamente dos anos 70, com a diferença de que este já tem ar condicionado integrado.

Com uma versão a gasolina e outra a diesel, a Volkswagen anuncia para o Beetle consumos na ordem dos 4,5 litros aos 100 quilómetros.

Nos últimos 74 anos a fabricante alemã já produziu 21,5 milhoes de «Carochas», sempre com sucessivas transformações que deram origem ao icónico carro de 1974, o 1303 S.


Novo «Carocha»: velocidade não lhe falta

Fevereiro 10, 2012

sattotal


A Volkswagen apresentou o novo «Carocha», um modelo «mais crescido» do que o seu antecessor, que conta com um novo design e nova tecnologia, e que é muito mais potente, sendo capaz de ultrapassar os 220 quilómetros por hora.

O director de design responsável pelo novo Beetle, caracterizou o modelo como «um automóvel com um visual desportivo linear, firme e dominante», que «não se limita a ter um perfil mais baixo; é também mais largo, o capot é mais longo, o pára-brisas é mais recuado e possui um ângulo mais recortado».

Desta forma, os responsáveis da Volkswagen pretendem chamar a atenção do público masculino, visto que, desde 1998, a maior parte dos compradores do Beetle foram mulheres.

Se por fora o novo design pode fazer esquecer, por breves instantes, que estamos perante um carro que já se tornou um clássico, no interior encontramos aquilo que parece ser um Beetle saído directamente dos anos 70, com a diferença de que este já tem ar condicionado integrado.

Com uma versão a gasolina e outra a diesel, a Volkswagen anuncia para o Beetle consumos na ordem dos 4,5 litros aos 100 quilómetros.

Nos últimos 74 anos a fabricante alemã já produziu 21,5 milhoes de «Carochas», sempre com sucessivas transformações que deram origem ao icónico carro de 1974, o 1303 S.


Volkswagen «ataca» mercado de pequenos citadinos

Fevereiro 10, 2012

sattotal


A Volkswagen vai iniciar o ano com um um ataque ao mercado dos pequenos citadinos, dominado há vários anos pelo Smart, ao qual vieram, mais tarde, juntar-se outros concorrentes como o Fiat 500, o Chevrolet Spark ou o Citroën C1.

Fabricado em Bratislava, Eslováquia, o novo citadino Volkswagen Up! promete fazer concorrência feroz num segmento onde o apelo ao design, funcionalidade e facilidade de condução são cada vez maiores.

No ano passado, este mercado valeu 10.078 carros - cerca de 120 milhões de euros -, menos 30,5 por cento do que em 2010, segundo dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

O Volkwagen Up! entra agora neste mercado com a vantagem de ser um modelo novo, assim como o Kia Picanto, embora a marca coreana esteja mais em directa concorrência com o «irmão» da Skoda, o Citigo, que será lançado depois do primeiro trimestre.

O grupo Volkswagen está a lançar a sua grande ofensiva, não só com o Up!, mas também com o Seat Mii e o Skoda Citigo, introduzindo-se na extensa lista de marcas que tem uma oferta de entrada aliciante em termos de preço.

Segundo a Lusa, os responsáveis da Volkswagen esperam que, durante este ano, o Up! entre directamente para o ranking dos dez mais vendidos do mercado português, não só porque o modelo está desenhado para agradar a um segmento jovem e urbano, mas porque permite à marca ter uma oferta de preço competitivo, começando nos 10.774 euros e acabando nos 14.447 euros.
Há três anos, a marca alemã apresentou o Up! como concept-car no Salão Automóvel de Frankfurt e cedo se percebeu que a ideia da Volskwagen era substituir o anterior modelo Fox, que nunca teve grande sucesso na Europa, por um carro mais equipado, com melhores performances e divertido de conduzir.

O Up! concede um amplo espaço para quatro pessoas em 3,54 metros de comprimento, estreando uma nova geração de motorizações a gasolina de 3 cilindros com potências de 60 cavalos e 75 cavalos.

Até ao momento, o Volkswagen Up! é o único carro deste segmento equipado com uma função de emergência da travagem em cidade.

Volkswagen «ataca» mercado de pequenos citadinos

Fevereiro 10, 2012

sattotal


A Volkswagen vai iniciar o ano com um um ataque ao mercado dos pequenos citadinos, dominado há vários anos pelo Smart, ao qual vieram, mais tarde, juntar-se outros concorrentes como o Fiat 500, o Chevrolet Spark ou o Citroën C1.

Fabricado em Bratislava, Eslováquia, o novo citadino Volkswagen Up! promete fazer concorrência feroz num segmento onde o apelo ao design, funcionalidade e facilidade de condução são cada vez maiores.

No ano passado, este mercado valeu 10.078 carros - cerca de 120 milhões de euros -, menos 30,5 por cento do que em 2010, segundo dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

O Volkwagen Up! entra agora neste mercado com a vantagem de ser um modelo novo, assim como o Kia Picanto, embora a marca coreana esteja mais em directa concorrência com o «irmão» da Skoda, o Citigo, que será lançado depois do primeiro trimestre.

O grupo Volkswagen está a lançar a sua grande ofensiva, não só com o Up!, mas também com o Seat Mii e o Skoda Citigo, introduzindo-se na extensa lista de marcas que tem uma oferta de entrada aliciante em termos de preço.

Segundo a Lusa, os responsáveis da Volkswagen esperam que, durante este ano, o Up! entre directamente para o ranking dos dez mais vendidos do mercado português, não só porque o modelo está desenhado para agradar a um segmento jovem e urbano, mas porque permite à marca ter uma oferta de preço competitivo, começando nos 10.774 euros e acabando nos 14.447 euros.
Há três anos, a marca alemã apresentou o Up! como concept-car no Salão Automóvel de Frankfurt e cedo se percebeu que a ideia da Volskwagen era substituir o anterior modelo Fox, que nunca teve grande sucesso na Europa, por um carro mais equipado, com melhores performances e divertido de conduzir.

O Up! concede um amplo espaço para quatro pessoas em 3,54 metros de comprimento, estreando uma nova geração de motorizações a gasolina de 3 cilindros com potências de 60 cavalos e 75 cavalos.

Até ao momento, o Volkswagen Up! é o único carro deste segmento equipado com uma função de emergência da travagem em cidade.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D