Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LIVE TV

LIVE TV

Operação da polícia revela poder e riqueza dos chefões do jogo do bicho do Rio

Dezembro 26, 2011

sattotal

A operação Dedo de Deus é a maior já realizada no Rio de Janeiro para combater a contravenção. Aniz Abraão David, o Anísio, patrono da escola de samba Beija-Flor, Luizinho Drummond, presidente da Imperatriz Leopoldinense, e Hélio de Oliveira, o Helinho, da Grande Rio, conseguiram escapar da prisão e continuam foragidos, mas oficiais entraram em suas fortalezas e apreenderam uma verdadeira fortuna fruto do crime organizado: milhões em dinheiro, joias e carros importados, escondidos em apartamentos e casas luxuosas. Existe a suspeita de que eles foram informados por policiais corruptos da operação e fugiram antes que ela fosse deflagrada. Já foram detidas 45 pessoas, mas como mostra o Domingo Espetacular, o jogo do bicho ainda é uma realidade no Rio.

Operação da polícia revela poder e riqueza dos chefões do jogo do bicho do Rio

Dezembro 26, 2011

sattotal

A operação Dedo de Deus é a maior já realizada no Rio de Janeiro para combater a contravenção. Aniz Abraão David, o Anísio, patrono da escola de samba Beija-Flor, Luizinho Drummond, presidente da Imperatriz Leopoldinense, e Hélio de Oliveira, o Helinho, da Grande Rio, conseguiram escapar da prisão e continuam foragidos, mas oficiais entraram em suas fortalezas e apreenderam uma verdadeira fortuna fruto do crime organizado: milhões em dinheiro, joias e carros importados, escondidos em apartamentos e casas luxuosas. Existe a suspeita de que eles foram informados por policiais corruptos da operação e fugiram antes que ela fosse deflagrada. Já foram detidas 45 pessoas, mas como mostra o Domingo Espetacular, o jogo do bicho ainda é uma realidade no Rio.

Polícia resolve mistério de mortes em rio de MG e chega a final surpreendente

Dezembro 26, 2011

sattotal

As amigas Michelle, de 15 anos, e Vanessa, de 17 anos, morreram afogadas no rio Sapucaí, em Itajubá (MG). O acidente foi cercado de um mistério que demorou sete meses para ser desvendado. O laudo da perícia foi concluído nesta semana. As imagens gravadas por um celular induziam a acreditar que havia uma cobra no rio.

Entretanto, segundo a polícia, o que parecia ser uma sucuri era, na verdade, uma folha de bananeira seca. E a suposta cabeça do animal era a mão de uma das meninas. O afogamento foi provocado por um desnível do rio – ele afunda de repente e forma valas. As garotas teriam ficado apavoradas com a situação e se afogaram. Entenda como a polícia chegou a essas conclusões.


Polícia resolve mistério de mortes em rio de MG e chega a final surpreendente

Dezembro 26, 2011

sattotal

As amigas Michelle, de 15 anos, e Vanessa, de 17 anos, morreram afogadas no rio Sapucaí, em Itajubá (MG). O acidente foi cercado de um mistério que demorou sete meses para ser desvendado. O laudo da perícia foi concluído nesta semana. As imagens gravadas por um celular induziam a acreditar que havia uma cobra no rio.

Entretanto, segundo a polícia, o que parecia ser uma sucuri era, na verdade, uma folha de bananeira seca. E a suposta cabeça do animal era a mão de uma das meninas. O afogamento foi provocado por um desnível do rio – ele afunda de repente e forma valas. As garotas teriam ficado apavoradas com a situação e se afogaram. Entenda como a polícia chegou a essas conclusões.


Líder de seita é acusado de oferecer cura de doenças em troca de sexo

Setembro 11, 2011

sattotal

Exclusivo: Aldo Bertoni, de 85 anos, é líder da seita Apostólica, que tem mais de 200 sedes pelo Brasil e 25 mil seguidores. Os fiéis o veneram e acreditam que ela seja um enviado de Deus. Mas essa devoção pode ter um fim. Mulheres tomaram coragem e resolveram denunciar Aldo. O homem é acusado de se aproveitar da fé e do desespero para cometer abusos sexuais. As vítimas dizem que ele até oferecia a cura de doenças em troca de sexo. O Ministério Público acompanha os passos do líder da Apostólica há dois anos. Os promotores vão apresentar nos próximos dias aos tribunais a denúncia e ele será enquadrado no crime de violação sexual mediante fraude.



Líder de seita é acusado de oferecer cura de doenças em troca de sexo

Setembro 11, 2011

sattotal

Exclusivo: Aldo Bertoni, de 85 anos, é líder da seita Apostólica, que tem mais de 200 sedes pelo Brasil e 25 mil seguidores. Os fiéis o veneram e acreditam que ela seja um enviado de Deus. Mas essa devoção pode ter um fim. Mulheres tomaram coragem e resolveram denunciar Aldo. O homem é acusado de se aproveitar da fé e do desespero para cometer abusos sexuais. As vítimas dizem que ele até oferecia a cura de doenças em troca de sexo. O Ministério Público acompanha os passos do líder da Apostólica há dois anos. Os promotores vão apresentar nos próximos dias aos tribunais a denúncia e ele será enquadrado no crime de violação sexual mediante fraude.



Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D